sexta-feira, 16 de outubro de 2020

REFLEXÃO - O jogo do contente

Eu aprendi um jogo muito legal! Chama-se o JOGO DO CONTENTE. Quem me ensinou foi a protagonista do livro POLYANNA que se se chama Polyanna ( hahaha). É da autora Eleanor H. Porter. Leiam-no! É maravilhoso e é a minha dica de leitura da semana.

O jogo é simplesmente encontrar algo para ficar contente sobre qualquer coisa, mesmo quando tudo parecer ruim.

Não é fácil jogá-lo! Mas, você já parou pra pensar que este DIA tem tudo para ser muito especial? Claro que um outro anterior a este também pode ter sido, mas, pensem comigo: ESTE PODE SER O MAIS ESPECIAL DE TODOS!

Quem aí não tem analisado sobre a brevidade da vida e sobre o que realmente importa?

Gente, eu não PARO de pensar nisso! E, consequentemente, eu sempre lembro dos meus filhos, meu esposo, minha família e amigos com sentimento de gratidão a Deus.

Gratidão!? Sim, gente, gratidão! É que não temos feito tanto uso dessa palavra. Temos usado mais seu antônimo: Ingratidão. Mas, deixa eu explicar para vocês o porquê de ser gratidão: eu lembro como sou feliz de ainda estar com eles e eles estarem comigo!

Sei que estamos num momento bem diferente, né? Atípico. Sem grandes comemorações, encontros, beijos, abraços. O presente do amigo distante até pode chegar às mãos daquele considerado especial, mas, muito provavelmente, será pelas mãos de outra pessoa; um entregador talvez, mas não as do próprio amigo.

E, se pararmos um pouco mais para analisar, isso não é tão ruim assim! Pois, além de sermos lembrados, o amigo, o familiar, o alguém especial, está lá em sua casa, bem, com saúde e “vivinho da Silva! ”. Devemos nos se alegrar por, mesmo distantes geograficamente, podermos ver e ouvir a voz de quem se ama através da tecnologia, o que é outro motivo pra ficar contente.

Gente, não me levem a mal, só estou tentando jogar “o jogo” para que a vida não se torne tão amarga. Sugiro que façam o mesmo!

MOTIVOS PARA FICARMOS TRISTES? TEMOS! MAS TENTEMOS VER AS BENÇÃOS QUE AINDA CHEGAM ATÉ NÓS! E lembre-se, essas bênçãos são exclusivamente a GRAÇA DE DEUS EM NOSSAS VIDAS. FAÇA BOM PROVEITO DELAS!

Texto da poetisa e cordelista Sarita Bezerra  

Fonte: Leia Sempre

Daquilo que te faz bem

Não grave na sua mente

Tristezas que você tem

vida tem validade

Esqueça banalidades

Não seja da dor um refém.


DICA DE LEITURA


Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.