terça-feira, 27 de outubro de 2020

Confira candidatos do Ceará com mais de R$ 500 mil em bens que receberam auxílio emergencial

Das 16,1 mil candidatos nas eleições municipais deste ano no Ceará, 52 receberam o auxílio emergencial do governo federal mesmo tendo declarado patrimônio superior a R$ 500 mil à Justiça Eleitoral. Desse número, 14 são declaradamente milionários. Pelo menos uma parcela do benefício foi paga em nome dos candidatos entre os meses de abril e agosto, segundo dados do Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União (CGU).

O levantamento foi feito com base nas informações disponibilizadas pelos postulantes ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e cruzadas com os dados do site da CGU. Os candidatos que devolveram o benefício ou que tiveram o valor bloqueado foram excluídos da pesquisa.

Na lista do beneficiários, estão concorrentes a todos os cargos eletivos em disputa: prefeito, vice-prefeito e vereador. Entre os bens declarados por eles, há carros de luxos, apartamentos, casas de praia, lojas e até um posto de combustíveis.

O superintendente da CGU no Ceará, Giovanni Pacelli, explicou que o acúmulo de bens não, necessariamente, tornas as pessoas inaptas a receber o benefício, já que o critério levado em consideração é de renda, e não de patrimônio.

Nos casos em que há indícios de fraude, o superintendente explica que os beneficiários já tiveram bens bloqueados. "No caso das pessoas com indícios de recebimento indevido, fizemos a notificação, lembrando que não é uma punição, mas o aviso da suspensão do benefício devido aos bens que a pessoa possui. Ela pode ir justificar e, se comprovada a legalidade, passa a receber novamente”, esclarece.

Confira a lista dos 14 candidatos milionários que constam na lista de beneficiários do auxílio emergencial

Fortaleza

Naugusto Freire (PSDB), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 3,6 milhões
Benefício: 3 parcelas, totalizando R$ 1,8 mil

Michel Rayol (Rede), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1,2 milhão
Benefício: 3 parcelas, totalizando R$ 1,8 mil

Renner Lima (MDB), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1,08 milhão
Benefício: 4 parcelas, totalizando R$ 2,4 mil

Márcio Barros (PMB), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1 milhão
Benefício: 4 parcelas, totalizando R$ 2,4 mil

Cascavel

Altaite Dias (PSDB), candidato a prefeito
Patrimônio: R$ 1,6 milhão
Benefício: 2 parcelas, totalizando R$ 1,2 mil

Paracuru

Bitem (Psol), candidato a prefeito
Patrimônio: R$ 1,2 milhão
Benefício: 4 parcelas, totalizando R$ 2,4 mil

Pindoretama

Claudinho do Senhorzinho (PSL), candidato a prefeito
Patrimônio: R$ 1,2 milhão
Benefício: 4 parcelas, totalizando R$ 2,4 mil

Francisco Ivoneudo (PSL), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1 milhão
Benefício: 5 parcelas, totalizando R$ 3 mil

Caucaia

Osvaldo Martins (Pros), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1,2 milhão
Benefício: 2 parcelas, totalizando R$ 1,2 mil

Trairi

Valmir Pinto (PT), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1,1 milhão
Benefício: 2 parcelas, totalizando R$ 1,2 mil

São Gonçalo do Amarante

Juninho DJ (Avante), candidato a vice-prefeito
Patrimônio: R$ 1,06 milhão
Benefício: 4 parcelas, totalizando R$ 2,4 mil

Juazeiro do Norte

Ademar Mota (Psol), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1,03 milhão
Benefício: 4 parcelas, totalizando R$ 2,4 mil

Pereiro

Ernando Estevan (DEM), candidato a vice-prefeito
Patrimônio: R$ 1 milhão
Benefício: 4 parcelas, totalizando R$ 2,4 mil

Canindé

Evangelista da Cerâmica (PSB), candidato a vereador
Patrimônio: R$ 1 milhão
Benefício: 3 parcelas, totalizando R$ 1,8 mil

Fonte: G1 Ce
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.