sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Sargento Borges é oficializado pelo Avante como candidato a prefeito de Crateús

 

O partido Avante oficializou o nome do policial militar Wendson Borges, mais conhecido na política como Sargento Borges, como candidato a prefeito de Crateús nas eleições municipais de novembro.

O anúncio ocorreu no Clube Caça e Pesca na noite dessa quarta-feira (16). Na ocasião, mudanças aconteceram horas antes da convenção. Drª Luciene, que seria a candidata a vice, foi impedida pelo PSD de concorrer ao cargo. As negociações continuarão para a escolha do candidato(a) a vice na chapa encabeçada pelo Sargento Borges, pois o prazo final para registro de candidatos vai até o dia 26 e setembro.

Sargento Borges vai disputar o cargo de prefeito pela primeira vez na carreira política, nas eleições de 2016, foi candidato a vereador em Crateús. A principal chapa de oposição tem o apoio do deputado estadual Carlos Felipe (PCdoB) e seu grupo político.

Eloquente e firme nas suas decisões, Sargento Borges tem combatido tenazmente os desmandos realizados na prefeitura. O político tem realizado o bom combate em busca de uma causa – “mais transparência na gestão pública municipal”.

Em seu discurso, carregado de muita emoção, Sargento Borges destacou a sua trajetória de vida e evidenciou a ineficiência e a corrupção perpetrada pela gestão municipal. “Eu aceitei o desafio de ser candidato porque existia uma vacância de opções de pessoas que muitas vezes só queriam vir para ganhar, mas não existe vitória sem luta, e a minha missão de vida é servir as pessoas”, enfatizou.

Na atual conjuntura política no município de Crateús, Sargento Borges se apresenta como candidato que busca a união do grupo de oposição, o político sempre foi contra as ações executadas pela atual gestão, além de ter afinidade a pessoa do Dr. Carlos Felipe, por tudo que ele conquistou para Crateús, beneficiando a população em várias áreas.

Em sua rede social, Sargento Borges publicou mensagem nessa quinta-feira (17) sobre seu posicionamento político:

“Enquanto alguns fazem guerras de narrativa ideológica, esquecem da corrupção entranhada na nossa terra. É fácil falar de forma simplificada de lado A e B, sem nunca ter participado do processo democrático. Viver no mundo mágico da teoria é mais cômodo do que conhecer a realidade. Apenas peço que conheçam um pouco da história das pessoas antes de atacar friamente por conta de uma imagem. Meu partido é Crateús!”

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.