quinta-feira, 10 de setembro de 2020

PDT convoca filiados para convenção no sábado (12). Aliados especulam sobre o nome do candidato


O PDT de Fortaleza convocou seus filiados para participarem, no próximo sábado (12), da convenção partidária que deve homologar as candidaturas majoritárias e proporcionais para as eleições municipais deste ano. Enquanto isso, na Câmara de Vereadores, governistas passaram boa parte da sessão ordinária desta quarta-feira (09) especulando sobre o nome que deve ser escolhido para representar o partido na disputa eleitoral que se avizinha.
De acordo com o líder do PDT na Câmara, Iraguassú Filho, o edital de convocação para a convenção partidária já foi publicado. Enquanto isso, as lideranças do PDT e de partidos aliados discutem como se dará a coligação governista para o pleito na Capital.
Os aliados do prefeito Roberto Cláudio passaram a manhã desta quarta-feira (09) especulando sobre o nome da base governista a prefeito de Fortaleza, que deve ser anunciado ainda nesta semana. A demora para indicação do postulante tem gerado manifestações distintas entre membros do grupo liderado no Ceará pelos irmãos Ciro e Cid Gomes. Alguns apontam que isso pode prejudicar o desempenho do pretenso candidato, outros, porém, afirmam que essa estratégia evita maiores desgastes ao escolhido, que será alvo de outras candidaturas.
Vereadores estiveram na sala do presidente da Mesa Diretora, Antônio Henrique (PDT), discutindo, dentre outros assuntos, a escolha do nome que deve representar toda a base governista na disputa eleitoral deste ano.
Presidente do PDT de Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio indicou cinco nomes como pré-candidatos do PDT na disputa deste ano: os deputados estaduais José Sarto e Salmito Filho; o deputado federal Idilvan Alencar, e os ex-secretários Samuel Dias e Ferruccio Feitosa.
Os parlamentares que participaram da reunião na sala da Presidência apontaram as preferências para a disputa, mas também sinalizaram aqueles que, na avaliação deles, são apontados como os mais fortes na disputa interna. Entre os cinco colocados pelo PDT, os vereadores acreditam que sejam o presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto; e o ex-secretário de Governo, Samuel Dias.
No entanto, eles acreditam também que um sexto nome, fora do quinteto apresentado pelo partido, possa ser o escolhido entre as lideranças do grupo governista. Ao fim da discussão, os vereadores chegaram à conclusão de que nenhuma possibilidade está descartada.
Vale ressaltar que em 2014, quando das eleições para sucessão do então governador Cid Gomes, os líderes políticos escolheram o então deputado estadual Camilo Santana, do PT, em detrimento de nomes do partido para a chefia do Executivo Estadual, à época o PROS.
Apesar da exposição que os cinco nomes pedetistas passaram nos últimos meses, alguns, inclusive, empreendendo visitas a bairros e dialogando com lideranças comunitárias, os vereadores de Fortaleza acreditam que alguma surpresa possa acontecer nos próximos dias, quando o nome do candidato governista deve ser anunciado.
12 de setembro
Os pedetistas, que participam da disputa interna, também estão ansiosos pela indicação do nome. Eles falaram ao Blog do Edison Silva que até a próxima sexta-feira (11), a questão estaria definida, até porque no dia seguinte, no sábado, está marcada a realização da convenção partidária pedetista.
O prefeito Roberto Cláudio pretende chegar a uma decisão até o dia 12 de setembro. No entanto, caso seja necessário, o encontro da legenda pode acontecer no dia 15, um dia antes do data-limite estipulada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Campanha
Na semana passada, o pré-candidato Idilvan Alencar foi ao Cariri, onde obteve mais de 30 mil votos para deputado federal, para explicar ao seu eleitorado sobre sua participação no processo interno de escolha do candidato do PDT em Fortaleza. O pré-candidato realizou a visita, no intuito de, caso seja escolhido o nome pedetista na Capital, se dedicar integralmente à campanha.
Salmito Filho, por sua vez, voltou à Câmara Municipal de Fortaleza para conversar com seus colegas no Parlamento da Capital cearense, enquanto que Samuel Dias fortaleceu visitas a bairros da cidade. José Sarto, por ser chefe do Poder Legislativo Estadual, tem atuado com prudência como pré-candidato na cidade. Ferruccio Feitosa também pouco empreendeu atividades de olho no cargo de prefeito, fora os debates com os colegas na internet.
Fonte: Blog do Edison Silva 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.