terça-feira, 21 de julho de 2020

Ceará tem 7.266 mortes pela Covid-19, com quase 150 mil casos confirmados


O Ceará chegou a 148.817 casos confirmados do novo coronavírus e 7.266 mortes em decorrência da infecção, segundo dados da plataforma IntegraSUS, atualizada pela Secretaria de Saúde do Estado às 9h desta terça-feira (21). A capital Fortaleza ultrapassou os 40 mil casos confirmados. 
O número de pessoas recuperadas é de 123.996. Há ainda 72.952 casos suspeitos e 609 mortes em investigação. O Ceará já realizou 389.485 exames para detectar o novo coronavírus, sendo mais de 70% desses testes rápidos.
Fortaleza foi o primeiro epicentro da doença no Estado e concentra os maiores índices da doença: 40.015 casos confirmados e 3.612 óbitos. A marca de 30 mil casos foi ultrapassada na capital em 12 de junho. Em seguida está a cidade de Sobral, na Região Norte, que concentra 8.971 diagnósticos positivos e 267 mortes. 
Na Região Metropolitana de Fortaleza, Caucaia contabiliza 4.750 casos e 303 mortes. Maracanaú registra 4.677 confirmações e 219 óbitos. Maranguape foi a sexta cidade a ultrapassar os 3 mil casos confirmados, com 3.038 registros e 104 mortes.
Juazeiro do Norte, no Cariri, tem 4.779 casos confirmados e é a terceira cidade em número de casos. Na cidade, que está em lockdown, 177 pessoas não resistiram à Covid-19. O isolamento social mais rígido também vale para Crato, Barbalha, Brejo Santos e Iguatu.
O número de diagnósticos positivos também se destaca em Quixadá (2.401), Tianguá (2.107), Acaraú (2.078) Camocim (2.072) e Crato (2.020).

Leitos de UTI

A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Estado está em 68,63%. Nos leitos de enfermaria, a ocupação é de 39,85%. O Hospital da Unimed de Sobral e o Hospital Universitário Walter Cantídio estão com lotação máxima nas UTIs.
A mortalidade da Covid-19, proporção entre os números de casos confirmados e mortes, é de 4,88%. 
Fonte: DN
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.