quinta-feira, 4 de junho de 2020

Ao exonerar Nelson Martins, Camilo abre possibilidade de trazer o PT para uma aliança com PDT


Além do secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, o assessor especial de Relações Institucionais do Governo, Nelson Martins (PT), também está sendo exonerado nesta quinta-feira (4) pelo governador Camilo Santana (PT). Os dois deixam o governo para cumprir a formalidade exigida em lei de desincompatibilização para disputa das eleições municipais.
A saída de Élcio, que neste ano se filiou ao PSB, já era dada como certa, inclusive foi antecipada por esta coluna. Mas traz certa surpresa a saída do petista Nelson Martins.
Com a jogada, o governador faz um gesto para tentar trazer o PT para a discussão sobre possível aliança com o PDT para a disputa da Prefeitura de Fortaleza. O partido pretende ter candidatura própria e tem sido crítico à gestão Roberto Cláudio na Capital desde o rompimento, em 2012.
Fonte: DN
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.