quarta-feira, 20 de maio de 2020

Ceará tem decreto de isolamento prorrogado até 31 de maio; Fortaleza segue em 'lockdown'


Em um anúncio conjunto, o Governo do Estado e a Prefeitura de Fortaleza confirmaram o prorrogamento do decreto de isolamento social no Estado até 31 de maio. Além disso, as medidas mais rígidas seguirão valendo na Capital até a mesma data. A informação foi confirmada durante uma transmissão ao vivo pelas redes sociais. 

O isolamento social vem sendo apontado pelo Governo do Estado como medida mais segura para combater a propagação do novo coronavírus no Ceará. Há semanas, o governador Camilo Santana vem reforçando que segue as recomendações dos especialistas da área da saúde e reforça que ainda não há vacina para a covid-19. 

O governador afirmou que o Estado vem registrando uma melhora dos números de contaminação e óbitos no Ceará. Ele, contudo, ressaltou a importância da adesão pela população para que a curva do novo coronavírus possa seguir achatando. 
"Pela primeira vez se comprava um achatamento da curva de casos de contaminação pelo coronavírus e os casos de óbito em Fortaleza. Então todas as nossas decisões são pautadas nessas questões técnicas e são focadas em minimizar os problemas e reduzir o impacto no sistema de saúde público", disse.
Interior
Além disso, Camilo afirmou que o Estado fará recomendações aos municípios onde o número de casos e mortes causadas pela covid-19 estão aumentando, mas sem dar detalhes se será aplicado o modelo mais rígido de isolamento. 
"Nós vamos fazer algumas recomendações para municípios onde o número de contaminações e óbitos estão crescendo. Mas quero dizer a todos os cearenses, que quanto melhores forem os números, mais rápido nós vamos sair dessa situação e poder iniciar a retomada", disse Camilo.
Reabertura da economia
Durante a transmissão, o governador ainda comentou que o plano de retomada das atividades econômicas no Estado será apresentado até o fim desta semana. A expectativa do governador é que o plano possa ser aplicado a partir do mês de junho. 
No entanto, ele reforçou que o plano de retomada só será aplicado quando os números de contaminação e óbitos apresentarem melhora. 
"Quero dizer que criamos um grupo de trabalho para pensar o plano de retomada e devemos apresentar esse plano até o final dessa semana. Estamos preocupados com os empregos e com a economia. Há uma tendência de estabilização dos números e talvez poderemos a partir de junho iniciar a retomada", disse.
Apelo 
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, ainda fez um apelo para que as pessoas respeitem as medidas de isolamento para que os danos causados pela pandemia possam ser minimizados na Capital e no Estado. 
"A gente está aumentando leitos de UTI, mas é importante que todos se mantenham focados no cuidado individual, usando máscaras e usando o álcool em gel. Eu faço um apelo, população, para que se compreenda as medidas de isolamento, pois não podemos achar normal a taxa média de 60 pessoas morrendo por dia", afirmou Roberto Cláudio.
Fonte: DN
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.