quinta-feira, 12 de março de 2020

Prefeitos devem apresentar planos de contingência contra coronavírus em 48 horas, oficia MPCE


O Ministério Público do Ceará (MPCE) estabeleceu, nesta quinta-feira (12), prazo de 48 horas para que todos os prefeitos do Estado divulguem planos municipais de contingência do coronavírus, para que todos os entes federativos estejam preparados para conter a proliferação do vírus.
Fortaleza já apresentou plano de contigência na última segunda-feira (9). De acordo com a Prefeitura da capital cearense, 8 hospitais e 6 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) municipais estão fazendo o atendimento inicial de casos suspeitos de Covid-19. Mas, as coletas para verificar a infecção pelo vírus continuam sendo feitas apenas no Hospital São José.
No Brasil, já 77 casos confirmados da infecção no Nordeste. O assunto também foi tema do fórum da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), em Florianópolis, nesta quinta. Mesmo sem casos confirmados, o Governo do Estado divulgou a liberação de R$ 45 milhões para ajudar a conter os avanços da doença.
As medidas para conter a proliferação do vírus foram debatidas nesta quinta entre a vice-procurador-geral de Justiça, Ângela Gondim, e o secretário da Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, na sede do MPCE. Na ocasião, o órgão sugeriu que o secretário agendasse uma reunião entre os três Poderes para a criação de um protocolo único de prevenção e combate ao coronavírus nas instituições públicas do Ceará, para prevenir novas contaminações.
Ações anteriores
O MPCE já realizou duas audiências sobre o tema cobrando a apresentação de planos de contingência ao Governo do Estado e ao município de Fortaleza. Os planos já foram entregues.

Fonte: DN
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.