segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Poranga: Incoerência. Vereadora tenta usurpar a competência do Poder Executivo apresentando projeto de Lei para criar gastos ao erário municipal


É impressionante o despreparo de alguns vereadores oposicionistas de Poranga, a 347km de Fortaleza. Na sessão ordinária realizada no último dia 5 de fevereiro, a vereadora Liduina Pinho (PDT), apresentou um projeto de Lei para regulamentar a profissão de bombeiro civil no município. A inaptidão da parlamentar faz jus ao ato descabido. O Poder Legislativo não tem competência para criar leis que acarretem em aumento de despesa para órgãos do Executivo, e o que é pior, causando gastos e sem sugerir receita. Com esse entendimento percebe-se a falta de despreparo da camarista.


A vereadora que até pouco tempo fazia parte do grupo situacionista, hoje tenta um lugar ao sol na oposição. O discurso isolado da parlamentar não contagiou, e nem muito menos conseguiu capitanear apoio dos seus pares. Liduina Pinho tá “mais perdida que cego em tiroteio”.

Já no grande expediente, vereadores ressaltaram a importância do pagamento dos servidores públicos municipais em dia. A gestão do prefeito Carlos Antonio tem imprimido a marca da administração transparente e atuante, realizando ações em todas as áreas beneficiando a população poranguense.

Redação Primeira Coluna
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.