quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

PM do Ceará parou


A atitude de Cid Gomes de enfrentar os policiais grevistas fez a situação piorar no Ceará. Lideranças sindicais dizem que até manhã de quinta mais da metade da PM estará paralisada…
As cidades de Sobral, Canindé, Itapipoca, Pacajus e Caucaia já estão desguarnecidas.
Assaltos já são registrados nos ônibus de Fortaleza e empresas começaram a recolher os veículos para a garagem.
As lideranças responsabilizam também o governador Camilo Santana (PT), acusando-o de impedir a aprovação do aumento salarial na Assembleia Legislativa.
Mais cedo, ele pediu apoio de Sergio Moro e de Luiz Eduardo Ramos para enviar tropas federais ao estado.
Fonte: O Antagonista 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.