segunda-feira, 3 de junho de 2019

Banco do Brasil em Ipueiras tornou-se o pior banco na opinião dos clientes


Os clientes do BB não estão satisfeitos com os serviços oferecidos pelo banco. É o que tem ficado claro para os que precisam da agência em Ipueiras.

Nas ruas, o atendimento ruim foi destacado pelos seus clientes. Falta de suporte, apenas um caixa na parte interna, ausência de senha preferencial e falta de acento para deficientes e idosos, são algumas das falhas encontradas no banco pelos correntistas.



A aposentada Maria das Graças da localidade de Boa Vista, ver como desrespeito a lentidão no atendimento. “Demorei quase cinco horas para ser atendida, isso não pode acontecer, alguém tem que fazer alguma coisa”, concluiu.

Já o professor Francisco das Chagas do distrito de Livramento, reclamou da falta de organização da agência no ato do pagamento dos servidores da prefeitura. “É um verdadeiro descaso conosco. Foi uma situação humilhante pra nós educadores, ficamos sentados no chão e esperamos mais de seis horas para receber o nosso salário”, finalizou.



O vereador Marcelo Mourão (PSB) fez uso da tribuna na sessão ordinária da câmara municipal para denunciar a negligência do banco. O parlamentar destacou a Lei Municipal nº 901/2017 no seu Artigo 3º - Caberá à secretaria de Administração e Finanças, adotar as medidas necessárias para fiscalização, recebimento de denúncias dos usuários, aplicação de multas e recolhimento dos valores dela decorrentes. Para o vereador, “o descaso para com os clientes é de total responsabilidade do Banco do Brasil”, apontou o edil.

O presidente da câmara de Ipueiras, Raimundinho do Charito (PSD), convocará a gerente do BB em Ipueiras, Elionara Pereira Costa para prestar explicações sobre o mal atendimento.

A agência do Banco do Brasil, foi reinaugurada dia 12 de março de 2019. A agência estava desativada há mais de um ano, após ser explodida por criminosos.

Carlos Moreira
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.