quarta-feira, 15 de maio de 2019

Parceria entre SENAI e Governo do Ceará vai ofertar 4 mil vagas de capacitação profissional para detentos


Em um ano, 4 mil vagas de cursos de capacitação profissional serão ofertadas a internos do sistema prisional cearense. A iniciativa faz parte do programa “Sou Capaz”, que surgiu de uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o governo do Ceará.
A partir desta terça-feira (14), uma nova etapa do projeto vai ser destinada aos detentos da Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim, em Itaitinga. Eles vão receber instruções de como atuar em diversos ofícios, como eletricista, encanador, pedreiro e marceneiro.
O programa tem como objetivo capacitar profissionalmente internos de 14 unidades prisionais do Ceará. Desde o início do mês, o projeto atende 16 turmas, com 320 vagas no total. Os cursos atendem detentos de Aquiraz, Itaitinga e Pacatuba.
“Os presos saem com uma qualificação. Eles saem com um certificado do SENAI e vão procurar as vagas no governo do estado e também podem montar seu próprio negócio, porque eles também têm o foco no empreendedorismo”, explica o diretor regional do SENAI-CE, Paulo André Holanda.
Para ele, quando não há a previsão desse tipo de ação, os internos ficam sem perspectiva. “Sem qualificação, sem conhecimento e sem trabalho, com certeza gera violência, gera prostituição, gera tráfico de drogas”, completa ele.
O SENAI integra o Sistema S. Esse sistema é composto por nove instituições –além do SENAI, estão Sesc, Senac, Sest Senat, Sebrae, Senar e Sescoop – e atua, prioritariamente, nas áreas de educação básica, ensino profissionalizante, saúde e segurança do trabalho e qualidade de vida do trabalhador.
R$ 2,7 milhões em investimentos
Ao todo, o projeto de qualificação de detentos no Ceará prevê 183 turmas, que somam um total de 3.680 vagas. O investimento, que passa dos R$ 2,7 milhões, é proveniente do Fundo Penitenciário Nacional, administrado pelo Ministério de Justiça e Segurança Pública. Outras 320 vagas restantes foram disponibilizadas pelo SENAI do Ceará, por meio de gratuidades previstas em lei.
O ‘Sou Capaz’ prevê ainda vagas para os cursos de corte e costura, instalação e manutenção em ar-condicionado, bombeiro hidráulico, manutenção em computadores, mecânica de motor ciclo Otto, pintura de obras e serralheiro.
Segundo Paulo André Holanda, programas dessa natureza gera ganhos para diversas esferas. “É bom para a população, para o governo do estado e para aquelas pessoas que têm condições de se ressocializar”, destaca.
O início do próximo ciclo do projeto está previsto para o mês de junho, quando chegará às comarcas de Sobral e Juazeiro. Os cursos, que têm de 60 a 160 horas/aula, serão realizados em unidades prisionais da Região Metropolitana e do interior do estado.
Fonte: Agência do Rádio
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.