terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Legislar não é coisa para amadores


É nosso dever reavaliar o comportamento de alguns vereadores na câmara municipal de Ipueiras. Política é projeto de sociedade da qual participam todos os cidadãos, e estes devem sobretudo, refletir sobre qual é o papel do vereador. Alguns legisladores só frequentam as dependências do parlamento em dia de sessão. A omissão faz parte do cotidiano dos vereadores Zezão do Banco (PMDB) e Sérgio Alves (PRP), estes, além de promover a anti-política, querem discutir projetos para beneficiar a população sem ao menos leem, alegando não terem tido acesso ao texto, os mesmos não aparecem no parlamento municipal durante a semana, tornando-se a cobrança desnecessária. Se os Edis passarem a frequentar mais a câmara, certamente terão tempo hábil para ler os projetos que tramitam na casa, e assim, discuti-los em plenário.

Política é coisa de “gente grande”, se faz necessário desfraldar alguns vereadores para atuarem como verdadeiros representantes do povo. Esquecem-se  que a falta de ação e a omissão constante é um agravante relevante para as ações desenvolvidas no parlamento municipal. A cobrança torna-se inevitável pela população.

Aos eleitores de Ipueiras, resta o desafio de julgar e observar o comportamento dos camaristas, cobrando-os mais atenção e participação na câmara municipal.

Carlos Moreira é radialista 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.