segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Registro das candidaturas pela Justiça Eleitoral


De acordo com o Calendário Eleitoral, todos os partidos e coligações formadas até este domingo, terão até o dia 15 de agosto para apresentarem os pedidos de registros das candidaturas dos seus filiados e das coligações firmadas.
Embora todos os candidatos cujos nomes tenham sido homologados em convenções, até o dia 5 de agosto, hoje, já possam iniciar suas campanhas, oficialmente só serão considerados candidatos após o deferimento do pedido de registro das candidaturas. E para que a Justiça Eleitoral considere o candidato apto a receber o voto do eleitorado é preciso que ele apresente uma série de documentos e certidões negativas.
Neste ano, disputarão o Governo do Estado do Ceará, cinco candidatos: Camilo Santana (PT), General Guilherme Theophilo (PSDB), Ailton Lopes (PSOL), Hélio Góis (PSL) e Francisco Gonzaga (PSTU).
Cada partido ou coligação pode apresentar até dois candidatos ao Senado, pois neste ano serão eleitos dois senadores por Estado, permitindo ao Senado ter 54 novos senadores. Os 27 senadores restantes terminarão seus mandatos em 2022.
Do Ceará, fica no Senado apenas Tasso Jereissati (PSDB). Estão terminando seus mandatos José Pimentel (PT) e Eunício Oliveira (MDB), candidato à reeleição. Pimentel não disputará mandato eletivo neste ano.
Os pedidos de registro das candidaturas de governador, senador e deputados, federais e estaduais, são feitos ao Tribunal Regional Eleitoral. Só o pedido de registro dos candidatos à Presidência da República são feitos no Tribunal Superior Eleitoral.
Fonte: Blog do Edison Silva 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.