segunda-feira, 11 de junho de 2018

Após greve, Temer tem 82% de reprovação, mostra Datafolha


Se o ex-ministro de Michel Temer, Henrique Meirelles, tem apenas 1% das intenções de voto, o presidente atingiu um novo patamar de impopularidade: 82% dos brasileiros consideram seu governo ruim ou péssimo, o pior índice já registrado pelo Datafolha. 
Uma pesquisa realizada pelo instituto após a greve dos caminhoneiros e divulgada neste domingo 6 revela que a taxa de reprovação de Temer subiu 12 pontos percentuais desde abril, quando 70% consideravam seu governo ruim ou péssimo. 
Apenas 3% dos brasileiros consideram o governo Temer bom ou ótimo, de acordo com o instituto. Outros 14% consideram sua administração regular. 
Segundo o Datafolha, a impopularidade de Temer cresceu em todas as faixas de renda e escolaridade. No Nordeste, ele é rejeitado por 87%. No Sul e no Sudeste, por 80%. 
Trata-se do pior índice de um presidente já medido pelos instituto desde a redemocratização. Afastada da Presidência em 2016, Dilma Rousseff registrou 71% de reprovação em agosto de 2015. 
O pior índice de José Sarney e Fernando Collor, que também sofreu impeachment, foi de 68%. Fernando Henrique Cardoso chegou a 56%, seguido por Itamar Franco, com 41%. A maior taxa de reprovação já medida para Lula foi de 29%, em dezembro de 2005.
Fonte: Carta Capital 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.