terça-feira, 1 de maio de 2018

Ausência dos vereadores de oposição em evento realizado na fazenda “Cobras” gera desconfiança do eleitorado ipueirense


O evento realizado sábado (28) pelo grupo politico da família “Vasconcelos” deixou claro que não há um reinado na oposição. A ausência do advogado George Ponte e dos vereadores oposicionistas é, por certo, motivo de desconfiança de alguns correligionários e simpatizantes. Tendo sua base formada nas eleições de 2016, George foi candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por um membro do clã dos “Vasconcelos”.

O jogo político gera indisposição na ala liderada pelo advogado, este, conhecido por sua personalidade particular e atuação consistente para manter os camaristas de oposição coesos. Será se há um cheiro de enxofre no ar? Este odor por certo cresce na proporção direta da diminuição dos dias que antecedem as eleições deste ano. As apostas iniciaram-se.

Ao analisarmos o momento politico em Ipueiras, desenhamos um “racha” na oposição. Conectados, chegamos a conclusão que ficou a impressão que aquele que outrora se intitulava “grande líder”, já não é tão grande assim.

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Por qual motivo o advogado George Ponte não foi convidado para o evento?

Qual será o posicionamento politico dos vereadores: Marcelo Mourão, Indira Ponte, Zezinho da América e Sérgio Alves daqui pra frente? 

Carlos Moreira é radialista 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.