sábado, 10 de fevereiro de 2018

Pedetistas cearenses têm programa de mobilização a favor de Ciro


O Partido Democrático Trabalhista (PDT) inicia, após o Carnaval, uma série de incursões em municípios do Ceará com o objetivo de fortalecer o nome do pré-candidato Ciro Gomes à Presidência da República. Denominado de “Rota 12”, o movimento também pretende intensificar filiações partidárias para a disputa proporcional nas eleições de outubro próximo.
Além de Ciro Gomes, também participarão das atividades o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, o ex-governador do Ceará, Cid Gomes, o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e também parlamentares com colégio eleitoral nas regiões a serem visitadas. Segundo informou ao Diário do Nordeste o presidente estadual da sigla, deputado federal André Figueiredo, as incursões ocorrerão nos dias 1, 2 e 3 de março, iniciando em Caririaçu com encerramento no Município de Icó.
O movimento servirá de “piloto” para atividades semelhantes que devem ser realizadas em outros estados da Federação nos próximos meses. “O nosso objetivo é interiorizar as ideias do PDT e replicar isso em todos os outros estados. Queremos apresentar todas as nossas bandeiras, bem como a pré-candidatura do Ciro em cada um dos estados”, disse o dirigente pedetista.
Filiações também estarão sendo realizadas nestes dias, de prefeitos, vereadores, ex-prefeitos e lideranças locais. O evento, com início em Caririaçu, segue até Juazeiro do Norte e deve passar também por Crato. “Queremos realizar em todo o Estado do Ceará e em todo o País, interiorizando as bandeiras do PDT”, defendeu André Figueiredo.
Frente
Na semana passada, representantes de PDT, PCdoB, PT, PSB, PSOL e até do MDB (neste caso o senador Roberto Requião, do Paraná) se reuniram para discutir metas para a disputa neste ano. Os partidos definiram a construção de uma frente democrática de esquerda que vise aglutinar as agremiações, ainda que isso não ocorra no primeiro turno da campanha.
A ideia é que se mantenha, pelo menos, discursos consonantes, já que não há consenso sobre nomes para a disputa. Com isso, todos os partidos deverão intensificar ações com objetivo de alavancar as pré-candidaturas até aqui colocadas.
Líder do Governo na Assembleia Legislativa, o deputado Evandro Leitão (PDT) afirmou que, com a possibilidade de Lula não vir a ser candidato no pleito vindouro, abre-se um leque para a candidatura do postulante do PDT, Ciro Gomes.
Para Sérgio Aguiar (PDT), o pré-candidato Ciro Gomes está em visita a vários estados dialogando e debatendo com segmentos organizados da sociedade civil, como universidades, associações e sindicatos através de palestras, propagando suas ideias pelo futuro do Brasil. “A estratégia a nível de Ceará é mobilizarmos as instâncias partidárias desde o órgão dirigente até a militância”, disse.
Fonte: Blog do Edison Silva 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.