quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

MP processa ex-governador de MT por compra de faculdade da família de Gilmar Mendes

Ex-deputado José Riva, Silval Barbosa e Gilmar Mendes

O Ministério Público de Mato Grosso propôs no último dia 22 um processo contra o ex-governador Silval Barbosa e outros quatro deputados pela compra de uma faculdade privada chamada Uned - União de Ensino Superior de Diamantino Ltda, pertencente à família do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.
O autor da ação é o promotor Daniel Balan Zappia, lotado na cidade de Diamantino. Ele pede o ressarcimento total de R$ 10,7 milhões por ilícitos morais e administrativos cometidos pelos políticos.
Além de Silval, também são alvos da ação o deputado estadual Adriano Aparecido da Silva, o advogado Francisco Faiad, o docente da instituição Ariel Lopes Torres e o ex-secretário adjunto de Administração José de Jesus Nunes Cordeiro.
Uned
A compra pelo governo do Estado da Universidade ligada à família do ministro Gilmar mendes já foi alvo de questionamentos anteriormente.
Livre mostrou, em outubro do ano passado, que a ONG Moral pediu ao Ministério Público Federal que apurasse o processo de estatização da faculdade de Gilmar.
A ONG afirmou que a compra, que consumiu R$ 7,7 milhões dos cofres estaduais, aconteceu “em troca” da contratação do Instituto de Direito Público (IDP), que também pertence a Gilmar Mendes, pela Assembleia Legislativa, com o objetivo de fazer um “concurso simulado para regularizar a situação de mais de mil pessoas que seriam demitidas”.
Fonte: O Livre
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.