segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Nas festividades dos 134 anos de Ipueiras, a criançada ganhou um domingo no parque


A festa neste domingo (22), foi garantido para criançada. A prefeitura municipal de Ipueiras promoveu no Parque da Cidade, a segunda noite em comemorações aos 134 anos de emancipação politica de Ipueiras. Foi uma noite de muito lazer com diversas atividades, parque infantil, além de pipoca e algodão doce.

A organização do evento pensou em cada detalhe, proporcionando para a garotada do município um momento repleto de brincadeiras e muita interatividade.

A Banda de Música Joaquim Catunda Sobrinho abrilhantou a noite em uma apresentação única para as crianças. Ainda durante o evento, Thesco e Manos do Forró se apresentaram para o público que foram até o Parque da Cidade prestigiar mais um dia de festa.

O secretário da Assistência Social e Trabalho, Manuel Aragão Catunda, classificou a proposta em homenagear os "pequenos" do município como uma oportunidade importante de inclusão social e lazer para as famílias ipueirenses.

Já o prefeito Nenem do Cazuza, relembrou quando era criança e falou da importância da educação na vida dos meninos e meninas de Ipueiras. Além de bater um papo descontraído com a criançada, Nenem pediu dedicação e comprometimento dos “baixinhos“ com os estudos e finalizou seu discurso distribuindo ingressos para o parque de diversões. A primeira a ser agraciada com um ingresso foi Gisele Araújo, de 7 anos, moradora do bairro Carnaúbas.


As festividades começaram as 18h. Na oportunidade foi lançado o Programa Criança Feliz. Programa voltado para o acompanhamento de famílias beneficiadas do Programa Bolsa Família, que possuem gestantes, crianças até 3 anos de idade, e até 6 anos beneficiada do (BPC) Benefício de Prestação Continuada – através de assistentes sociais e visitadores que darão orientações as mães e responsáveis  pelo desenvolvimento  infantil e a importância do brincar nessa primeira fase da infância.

Carlos Moreira é radialista 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.