domingo, 15 de outubro de 2017

Na cartilha de Tia Isa


Na cartilha de tia Isa
Aprendi o bê-a-bá
Na cidade de Ipueiras
No sertão do Ceará
Aprendi até a lenda
Do gato Maracajá
*
A sua principal arma
Era a tal delicadeza,
Ensinava a tabuada
Sem palmatória na mesa
Como mestra dedicada
Nunca mostrou aspereza.
*
Ser professora pra ela,
Era sagrada missão
Dedicando-se ao ensino
Dele fez sua profissão
Espalhando seu saber,
Difundindo educação.
*
Na historia de Ipueiras,
Seu nome escrito ficou.
Professora de renome,
Que a cidade conquistou,
Isa Catunda de Pinho,
Bela história ilustrou.
*
Dalinha Catunda é cordelista 
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.