sábado, 24 de junho de 2017

Assista ao primeiro clipe oficial do Gonzagão

Asa Branca, composição de 1947 de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, acaba de completar 70 anos. Para homenagear a canção, a Schin reuniu 70 músicos em Exu, terra natal do Rei do Baião, e usou imagens inéditas de Gonzagão para gravar o primeiro videoclipe oficial da carreira dele. O resultado é emocionante!
Setenta anos se passaram desde que a canção Asa Branca conquistou o Brasil e o mundo, ecoando a voz do povo nordestino e sua luta contra a seca. A composição de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, em parceria com Humberto Teixeira nasceu em1947 e permanece atual. Por todo o seu simbolismo e representatividade na obra de Gonzagão (1912 – 1989), a Schin decidiu produzir o primeiro videoclipe de Luiz Gonzaga, reforçando sua homenagem ao principal músico do Nordeste.
“Esta é uma iniciativa arrojada e inédita. Quando nos debruçamos sobre a obra do grande artista Gonzagão e nos deparamos com as mais de 600 músicas e 200 discos gravados, sentimos falta de um projeto audiovisual que evidenciasse toda a beleza do sertão nordestino e sua riqueza musical. Com os novos recursos tecnológicos, pudemos resgatar e ampliar a força do vinil e a voz deste pernambucano que tantas emoções nos traz com esta grande composição, considerada o Hino do Nordeste”, afirma o gerente de Marketing de Schin, Bruno Piccirello, no material de divulgação do clipe.
As tomadas foram realizadas em Exu, interior de Pernambuco, cidade que fica cerca de 600 km de Recife, terra de Luiz Gonzaga, seu filho mais ilustre. Mais de 12 horas foram necessárias para a produção do videoclipe, que traz cenas de lugares por onde viveu Luiz Gonzaga. As imagens do artista pernambucano são do acervo da TV Cultura.
A gravação reuniu cerca de 70 músicos, tocadores de sanfona, triângulo e zabumba, entre eles Oswaldinho do Acordeon, grande parceiro de Gonzagão, e outros sanfoneiros renomados de todo o Brasil: Clayton Sobrinho Gama, Ana Caroline Lourenço da Silva, Sarah Assis, João Roberto de Santana Alves, Terezinha Bezerra Chaves, Lulinha Alencar, Enok Virgolino Dantas, José Marcelino da Silva; o zabumbeiro José Ferreira de Souza, os trianguleiros José Aluizio Cruz e Estevão Ferreira Júnior, que, além da sanfona, também participa como vocal na gravação. A concepção e produção do filme é da agência New Style.
O resultado, emocionante!, você confere aqui:
Fonte: Blog do Maranhão
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.