quarta-feira, 31 de maio de 2017

Ceará tem primeira perfuração de poço horizontal para captação de água do País


Um procedimento pioneiro no País para reforçar o abastecimento hídrico da Região Metropolitana de Fortaleza. Na manhã desta quarta-feira (31), no Cumbuco, o governador Camilo Santana iniciou a operação da máquina perfuratriz para cavar o primeiro poço com furo horizontal e direcional de captação de água no Estado. A técnica, que é normalmente usada para extração de petróleo no fundo do mar, está sendo adaptada para as condições do solo arenoso e vai possibilitar o aproveitamento do aquífero Dunas/Cumbuco.
Camilo Santana ressaltou que a ação faz parte da meta do Governo do Ceará de alcançar a autonomia no Complexo Industrial e Portuário do Pecém e, assim, assegurar o uso exclusivo das águas da bacia metropolitana para a população da Capital e de proximidades. O governador explica que os poços horizontais são um passo adiante, depois da perfuração de 42 poços profundos no Pecém.
“A ideia é garantir a autonomia do Complexo para que possamos utilizar toda a água da bacia metropolitana para o abastecimento humano, garantindo o fornecimento para Fortaleza, Caucaia, etc. Portanto, essa é mais uma das ações de Segurança Hídrica, e é importante dizer que se trata de uma ação pioneira no Brasil. Pela primeira vez se utiliza essa metodologia para perfuração de poços. Geralmente ele é feito vertical, agora são dois poços na horizontal”, disse. No evento, Camilo esteve acompanhado do secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, além da equipe de engenheiros e operários envolvidos na obra.
A Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh) foi responsável pelos estudos sobre a captação de água seguindo a metodologia dos furos horizontais. Foram feitos experimentos de março a outubro de 2016. Com obra localizada próxima às cristalinas, no lagamar do Cauípe, no trecho V – Eixão das Águas, próximo ao Reservatório Apoiado Pecém (Rap Pecém), a perfuração de poços horizontais tem expectativa de vazão de 200 l/s para abastecer a RMF. A iniciativa tem investimento total de R$ 7,2 milhões. Ao todo, serão dois poços, de 500 metros cada. A previsão de entrega é setembro deste ano.
Fonte: Governo do Estado
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.