sexta-feira, 21 de abril de 2017

Um homem, uma voz, várias histórias, muita saudade !


Há dois anos Ipueiras perdia um dos seus filhos mais ilustres, José Arimatéa Catunda, partia aos 79 anos. Amante do futebol e um exímio comunicador, fundou a Rádio Vale Jatobá, sendo o precursor da rádiodifusão no município. Da VJ despontaram muitos talentos; Frota Neto, Dr. Carlos Matos Aragão, Fontenele, entre outros.

Dedé, como era conhecido entre os amigos, foi atleta, chegando a ser convidado a jogar pelo Ceará Sport Clube. Ocupou, o cargo de tesoureiro na administração de Antonio Luciano Bonfim e no governo do prefeito Gonçalo Erasmo de Medeiros, esteve à frente do serviço de Relações Públicas da prefeitura.

Como não lembrar deste baluarte da comunicação, com sua voz inconfundível todas as noites embalando os corações dos enamorados com músicas que marcaram uma época, toda uma geração.

Homem íntegro, respeitado na cidade, de boa índole, José Arimatéa deixou um exemplo de superação, de perseverança e de muita força de vontade, mesmo preso à cadeira de rodas durante mais de 50 anos, nos ensinou que “acreditar nos seus sonhos é o melhor começo para sua vida, acreditar em você mesmo é o melhor caminho a seguir”. 

Poema "Ipueiras" de Costa Matos na voz de Arimatéa Catunda


Carlos Moreira é radialista
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.