quinta-feira, 27 de abril de 2017

Greve geral marcada para esta sexta mobiliza comércios, escolas e sindicatos de Ipueiras


As bandeiras para a “greve geral” estão hasteadas a mais de seis meses e a um mês foi marcada para amanhã, dia 28 de abril. As mobilizações contra as reformas propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB) têm crescido por todo o Brasil. Diversas categorias alegam um retrocesso em direitos fundamentais conquistados ao longo do tempo. Para esta sexta-feira (28), uma greve geral promete parar serviços essenciais.

Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipueiras, espera-se que a greve geral seja geral, com o objetivo de unir diferentes categorias profissionais no município.

Se consolidada, essa será a primeira greve desde a paralisação de 1996, no primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que ia contra a flexibilização de direitos trabalhistas, o desemprego e a política de privatização apresentada pelo tucano.

A maior greve geral já realizada no Brasil aconteceu em 1989. Na época o Brasil tinha mais de 59 milhões de trabalhadores.

Carlos Moreira é radialista
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.