quinta-feira, 4 de abril de 2013

ELE ADORA COMER MARIA - Por Dalinha Catunda / Rio de Janeiro

A Maria é seu chamego
Desde que era criança
Desde novo ele comia
Afirmava a vizinhança
Falando mal do seu vício
Que hoje virou lambança.
*
Quando chega do trabalho
Chega cheio de euforia
Vai direto pra cozinha
Pensando em comer Maria
Se não comer não sossega
Até perde a alegria.
*
Come na boca da noite
E come ao raiar do dia
Briga com todo mundo
Caso não ache Maria
Quando acha se empanturra
E sua fome sacia.
*
Quando ele cai de boca
Acaba com a Maria
Quem desejava comer
Aquilo que apetecia
Dando meia volta sai
Frustrado se contraria.
*
Um dia tasquei a boca
Provei, mas que beleza!
A danada era gostosa
Maria da Fortaleza...
Bolacha de qualidade
Que o Ceará tem na mesa.

 Dalinha Catunda é escritora e natural de Ipueiras, Ceará
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.