quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Dia do Rádio - Por Carlos Moreira / Ipueiras-Ce


Quem trabalha com rádio costuma dizer que ele é um veículo apaixonante. Com suas características, o rádio cria espaço privilegiado para o cultivo de uma relação de proximidade entre comunicador e ouvinte. Ao mesmo tempo que fala para mihões de pessoas, dirigi-se a cada ouvinte em particular. É como se o radialista estivesse ali pertinho, conversando com quem lhe ouve, como um amigo, um companheiro na solidão.

Mesmo com o surgimento de meios de comunicação mais modernos, o rádio permanece firme, com seu público fiel. O motivo para tanta persistência é simples: além de tecnologia, o rádio se constroi com paixão, sentimento, proximidade e companheirismo.

Carlos Moreira