segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Ideário nascido do barro do chão - Marcondes Rosa de Sousa / Fortaleza


Marcondes em entrevista na TVE a Ricardo Guilherme

Eleições. Num só dia, apuração e proclamação dos eleitos. Campanha acirrada, Lula cabo eleitoral da candidata em sua primeira eleição. Nela, Tiririca, o palhaço nordestino em São Paulo com votação a eleger quatro deputados. O senador Miguel Malta (PR/ES) acredita, diz a Revista Veja, que o palhaço pode contribuir muito na defesa dos 14 milhões de analfabetos no País. Por tal razão, a proposta do senador para a abertura de votação dos analfabetos. Acredita ele que nossa atual legislação é injusta com os analfabetos. Lula é semianalfabeto, diz ele, e nem precisaria saber ler e escrever. Pode ter assessores para isso.

Em nossas eleições recentes, reacenderam-se as disputas entre paulistas e mineiros. O PT mineiro já notificou 15 prefeitos aderentes ao “dilmasia” (apoio ao tucano Anastasia). E Serra ora a postular a presidência do PSDB, também ambicionada pelos mineiros. No Ceará, queixa-se o governador de que os Ferreira Gomes, ora no PSB, já ensaiam migrar para o PRB do vice-presidente José de Alencar.

Dias atrás, participo de reunião do Conselho de Ética e Disciplina do PSDB cearense. E nele me vem todo o pensamento de Celso Furtado, na palestra “Dos ideais do CIC a uma prática de governo”, de Tasso Jereissati. Fernando Henrique Cardoso, que por aqui passava à cata de adeptos para a então nascente social democracia, assistia à palestra após o debate. E terminou por confessar: “Mas esta é que é a social democracia que buscamos – a, como o baião, nascida do barro do chão”.

Nas discussões sobre as posturas antiéticas, no PSDB cearense, técnicos catalogavam facetas das traições. Até que voz mais ponderada traduziu-nos a preocupação: “Não devemos ter olhos voltados para o retrovisor, mas lançados para a refundação de um ideário social democrático à nossa frente”.

É o que esperamos nós todos.

Marcondes Rosa de Sousa é professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual do Ceará (UECE).
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.