quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Contas Gotas - Por Lúcio Albuquerque / Rondônia

PERGUNTAR NÃO OFENDE
Até quando vai continuar a omissão do município com relação à desorganização do trânsito na capital?

POLÍCIA
A Polícia precisa, com urgência, dar uma dura em ladrões que andam ameaçando e aterrorizando donos de restaurantes nas margens da BR-364, de Porto Velho a Jacy. Carros arrombados e gente armada circulando por ali. O "modus operandi" é simples: dois casais, em um carro com placa de outro Estado, estaciona ao lado de outros e enquanto um dos casais fica no carro como se estivesse namorando, na realdiade passando o pano nom ambiente, o outro desce, o homem enrola uma toalha no punho e quebra a vidraça do veículo ao lado. Aí a mulher mete a mão e leva o que puder. Se a Polícia quiser já há pelo menos uma placa anotada, é só procurar quem tem restaurante na margem da BR. Quer dizer: é só trabalhar, porque o registro já foi feito.

BOM EXEMPLO
Não comungo com os que apóiam regimes como o da China, mas tenho de elogiar. Aqui corrupção é sinônimo de ascensão social. Lá o presidente da estatal nuclear foi condenado à prisão perpétua. Como escreveu um internauta na seção “comentário”, do site O Globo: “Se aplicarem aqui o Congresso Nacional ficaria às moscas”. Acrescento: Não só o Congresso Nacional.

RECEBI
Muita gente mandou comentários positivos, outros telefonaram e alguns falaram pessoalmente: sobre o artigo do dia 17, quando comentei a ausência de comemoração local pelo Tratado de Petrópolis, e a importância desse documento para que Rondônia surgisse..

JOVENS
Na sessão da terça-feira passada na Câmara Municipal ouvi oito discursos de jovens apresentados como “representantes” de entidades de “defesa da juventude”. Talvez por desinformado, tomei conhecimento que há uma “secretaria municipal da Juventude”, mas ninguém me explicou o que ela faz. Sobre os discursos, repetitivos, vazios, e nenhuma citação sobre “responsabilidade” ou “compromisso”. Apenas cobranças de mais direitos.
Quanto a “deveres”, aí nada.

JOVENS
Você sabia que temos uma entidade chamada “Associação dos Jovens Estudantes”? Eu também não. O que faz? Perguntem deles.

HISTÓRIA
O Departamento de História da FIAR/Ariquemes, promove a partir de segunda-feira, 22, a II Semana de História, com palestras de vários pesquisadores. Abertura, dia 22, no auditório do MP ariquemense.

CANTATA
Grupos de corais portovelhenses estão em fase final de afinação para as apresentações do período natalino. Maestrinas Raquel Lyrio e Mary Hopkens, do Ministério Público e Tribunal de Contas, aprontando tudo para superar os espetáculos do ano passado.


DATAS DE RONDÔNIA
14 a 22 de novembro


Dia 14 – Em 1938 – Está pronto, elaborado pela Presidência da República um decreto criando o Território Federal do Guaporé (Vitor Hugo, Cinquenta anos do Território Federal do Guaporé)

Dia 15 – Em 1917 – O juiz Joventino Lins Themuro assume a comarca de Porto Velho (Nilza Menezes, Memória Judiciária)

Dia 15 – Em 1976 – Eleições para vereadores nos dois municípios então existentes, de Guajará-Mirim e Porto Velho. Em Guajará-Mirim a vereadora Eliethe Matha Mory torna-se a primeira mulher a ser reeeleita em Rondônia e em Porto Velho pela primeira vez uma mulher, a professora Marise Castiel, é eleita para a Câmara Municipal (Lúcio Albuquerque, A Mulher em Rondônia)

Dia 15 – Em 1978 – O Território elege dois deputados federais (a única vez que isso aconteceu): Os eleitos são Jerônimo Santa (MDB, terceiro mandato) e Isaac Bennesby, pela Arena (Francisco Matias – Pioneiros – Ocupação Humana e Trajetória Política de Rondônia)

Dia 15 – Em 1982 – Primeira eleição no Estado de Rondônia para vereadores, prefeitos (menos Porto Velho e Guajará-Mirim), deputados estaduais constituintes, deputados federais e senadores. O governador continuou nomeado (Lúcio Albuquerque, A Marca da Nossa História (20 anos da ALE-RO))

Dia 15 – Em 1985 – Pela primeira vez em mais de 60 anos, é eleito um prefeito (Jerônimo Santana) em Porto Velho (Francisco Matias – Pioneiros – Ocupação Humana e Trajetória Política de Rondônia)

Dia 16 – Em 1916 – Fundada a primeira entidade representativa das artes cênicas, em Porto Velho, a Associação Dramática, Recreativa e Beneficente (Antonio Cantanhede, Achegas para a História de Porto Velho)

Dia 17 – Em 1903 – Brasil e Bolívia assinam o Trata do de Petrópolis, pelo qual o Brasil fica com as terras do Acre e se responsabiliza pela implantação de uma ferrovia margeando as cachoeiras do Rio Madeira – a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, obra que dá início ao que hoje é Rondônia (Professora Tereza Chamma, Calendário de Guajará-Mirim)

Dia 18 – Em 1953 – Ênio dos Santos Pinheiro toma posse como governador do Território (Professora Tereza Chamma, Calendário de Guajará-Mirim)

Dia 19 – Em 1915 – Insuflados pela administração norte-americana da Madeira-Mamoré, comerciantes estabelecidos no lado brasileiro de Porto Velho se insurgem contra cobrança de impostos e provocam enormes arruaças (Antonio Cantanhede, Achegas para a História de Porto Velho)

Dia 21 – Em 1977 – Instalação do município de Ariquemes (Jornal Alto Madeira)

Dia 22 – Em 1977 – Instalação do município de Ji-Paraná (Jornal Alto Madeira)

José Lúcio Cavalcante de Albuquerque. É presidente da Academia de Letras de Rondônia. Ex-editor dos jornais Tribuna, Alto Madeira, e com passagens em outras publicações como o Estadão do Norte, Lúcio Albuquerque, egresso da imprensa amazonense, tem projeção nacional, desde a década de 80, quando foi correspondente do Estadão de São Paulo. Com um dos currículos mais completos do jornalismo rondoniense, Lúcio Albuquerque, graças ao seu diligente trabalho de apuração, ganhou prestigio e credibilidade na imprensa regional. Pela relevância do seu trabalho escreve para uma rede de sites e jornais de todo o Estado, honrando o gentedeopinião, com artigos de sua lavra. Jornalista e historiador, Albuquerque é testemunha ocular da explosão rondoniense, seja como repórter, ou fundador da primeira entidade representativa dos jornalistas, ainda no final dos anos 70.
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.