terça-feira, 18 de maio de 2010

Gravidez fantasma: como desvendá-la - Por Carolina Ynterian / S. Paulo



Na gravidez, o número de hormônio HCG dobra de quantidade a cada 2-3 dias a partir da fertilização, este hormônio é responsável e determina o momento gestacional em que a mulher se encontra e pode ser detectado tanto em testes de urina quanto no soro. Hoje, os índices de HCG não costumam ser utilizados devido à variação de padrões técnicos e biológicos.

Com tantas variações, atualmente já não consideram o nível de HCG como um diagnóstico. “Devido ao alto número de quimioterapias seguidas de histerectomias em casos de pacientes diagnosticadas com neoplasia tromboplástica gestacional ou coriocarcinoma baseado e única e erroneamente em altos níveis de HCG sorológicos, os Estados Unidos estabeleceram o USA hCG Reference Service há três anos como fonte para consultas clinicas,” comenta Dra. Carolina. Estes resultados de HCG em soro são conhecidos como “phantom HCG”, em português “HCG fantasmas”, eles indicam a concentração do hormônio que são inexistentes na urina, por isto, passou-se a utilizar o teste de urina como confirmação dos índices de HCG.

Os testes vendidos em farmácia fazem a medição de HCG através da urina, sendo a forma mais confiável e indicada para descobrir se há ou não gravidez. Inspecionados pela ANVISA, os testes caseiros de gravidez são indicados e seguros.

Drª. Carolina Ynterian é Diretora da Analitic (empresa líder no mercado de autotestes), Bacharel e Mestre em Bioquímica com especialização em Biologia Molecular e profunda conhecedora das fases da mulher e está disponível para entrevistas.
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.