terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Feliz Ano Novo - Por Marcondes Rosa de Sousa / Fortaleza


Adentramos, afinal, o ano de 2010. E a respirar a atmosfera pós Conferência do Clima, em Copenhague, considerada ambígua pelo Green Peace: de um lado, um fracasso, já que os líderes mundiais não conseguiram o esperado acordo sobre o aquecimento global do Planeta; de outro, felizmente, o sucesso, a revelar a força da sociedade civil a pressionar os governantes. Em outros termos: a crença de que, se não podemos mudar a ciência, adequando-a ao pouco avanço da Conferência, poderemos mudar os políticos.

Em nosso País, o presidente Lula já havia anunciado proposta de tornar a corrupção um crime hediondo, a indagar-se retórico: "O que é afinal um paraíso fiscal senão fruto da corrupção? "

Quem colaborou à distância e por meio de petições, enviando recados, descobriu quão frustrante é ver a política e a economia fazerem refém o futuro da humanidade. Daí, o apostar-se num contínuo processo de educação não formal:

"... nos momentos de desânimo, devemos lembrar que temos de seguir em frente (...) engajando o setor privado, os governos locais e as outras pessoas para transformar nossa comunidade e criar mais pressão!"

Missão, sem dúvida, que há de ser abraçada por nossa educação, no sentido lato e restrito de nossa Lei de Diretrizes e Bases (LDB): escola, família, igrejas, meios de comunicação, agremiações políticas. Haveremos de despertar, em nossas crianças, jovens e cidadãos enfim, uma consciência ecológica.

Sinais desse aquecimento aí estão evidentes. O planeta se aquece, os dilúvios se ensaiam, cada vez mais perto de nós, Noés sem arca a clamar por um planeta ecologicamente sustentável.Que 2010 nos traga o darem-se mãos, cabeças e corações de todos nós para salvar o planeta, ciência, tecnologia e serviços voltados para esse tal horizonte.

Aí, teremos um feliz Ano Novo!

Texto publicado originalmente no jornal O Povo, de Fortaleza.

Marcondes Rosa de Sousa é professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.