sábado, 21 de fevereiro de 2009

Vou sair no bola preta - Por Dalinha Catunda / Rio de Janeiro


Foi no carnaval passado,
Que você embriagado
Rasgou minha fantasia.
Eu fiquei amargurada,
Ressentida e chateada
Com mais essa covardia.

Jurei que no próximo ano
Sozinha sem desenganos
Noutro bloco eu sairia.
Durante um ano inteiro
Eu juntei o meu dinheiro
E fiz uma nova fantasia.

Cansei das tuas tretas
Aliei-me ao Bola Preta
Bloco que tem tradição.
Agora cheia de encanto,
Vestida de preto e branco
Vou sair em seu cordão.

Fique com sua cachaça
Aposte em suas arruaças
Que vou cuidar de mim.
Vá tocar o seu pandeiro
No bloco dos cachaceiros
Concentrado em botequim.

Dê asas a sua loucura,
No bloco da pinga pura,
Beba em minha intenção.
Pois vou sair bem contente
Arreganhando os dentes,
E atrás de nova paixão.

Dalinha Catunda é escritora e natural de Ipueiras, Ceará.

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.