terça-feira, 30 de outubro de 2007

Ex isso ou aquilo - Por Marcondes Rosa de Sousa / Fortaleza
Três cenas a exalar esperanças. Duas, dias atrás. Hoje à noite, a final. De início, café-da-manhã. De início, café-da-manhã, orquestrado por Clóvis Catunda, entre professores e pensionistas aposentados da UFC (hoje uns 800). Pauta, a angústia de todos por se mostrarem úteis, pelo abraço produtivo, na sociedade, entre "cabeças" (os intelectuais), "mãos" (os gestores) e o "tato" (os políticos). Isso, em meio ao clima geral de um "cansei" de ser apenas um "ex isso ou aquilo".

Dias depois, sessão solene da Assembléia Legislativa, a comemorar os 39 anos da Universidade Vale do Acaraú. O mundo acadêmico, social e político, ali a louvar a interiorização universitária pelo Ceará, outras regiões do País e da África, feita pela UVA, em muito com a colaboração de aposentados, quando ali ressaltamos o empenho de cabeças, tato e mãos de todos nós em tal jornada.

Hoje à noite, na sede da Fiec, a terceira cena esperada. Quando ali se empossa, no Projeto Rondon /Ce, o deputado José Teodoro Soares , acolitado por acreditados atores. Num Rondon que, desde os 60', vem integrando regiões, saberes do mundo acadêmico, mas que, doravante, quer ir além, no esforço social mais amplo da integração de "cabeças", "mãos" e "tato", hoje a se atropelarem no infantil balbucio dos anacolutos. A Federação das Indústrias, mais que símbolo, já reconhece a indústria para além das chaminés, aí tendo assento as do conhecimento. E o gesto de hoje passa a ter pragmático apelo: o de que, entre nosso mundo intelectual, o da gestão (pública e privada) e o do político, celebre-se pacto duradouro e histórico, em torno da "responsabilidade social", a se pensar lei, no País, além da fiscal.

Possível, sim, a partir do Ceará, terra onde o sol libertário sempre nasceu mais cedo. Que professores de outras esferas (pública e privada) juntem-se nesta corrente!

Texto publicado originalmente no jornal O Povo, de Fortaleza.

Marcondes Rosa de Sousa é professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Frase do dia
"Acho isso uma insensatez tão grande... O presidente Lula queria tanto a reeleição e conseguiu: foi reeleito. Imagina se ele agora vai entrar nessa de terceiro mandato? Duvido. Seria um absurdo."

Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente do Brasil

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Mais uma parada, e deu vontade de parar . . . -  Por Paulo Felipe / Rio de Janeiro


Esse ano ela mudou de data, em plena primavera carioca Copacabana é novamente Cenário de uma grande festa gay. Com o objetivo, assim "penso" de manifestar protesto e pedir MAIS RESPEITO para tal da "CRIMINALIZAÇÃO" homofóbica, que aqui descrita através de documentos, me assusta. Mas, enfim lá estou eu chegando em mais uma parada gay do Rio de Janeiro, um pouco assustado confesso, reservado e no intuito de somente assistir como expectador, pela primeira vez o evento.

Vou sabendo que servirá esse ano como palanque político para alguns militantes e até mesmo para a autoridade maior do estado. Fiquei feliz quando soube que Marta (Suplicy) ia está presente, acho que não veio, estava pronto para gritar na hora que ela passasse : Marta!! RELAXA E GOZA!!! TE ADMIRO! Chega de hipocrisia Brasil! Com certeza gritaria/falaria, pois ano passado com outra frase gritei/falei com aquela ex-senadora revoltada que também admiro muito. Que pena Marta não veio.

Esse ano me senti super bem acompanhado, mesmo sem o axé da Bahia e o banho de chuva do ano passado em minhas lembranças....Tínhamos em nosso grupo, uma "baixinha" que é exemplo de AMOR e ADMIRAÇÃO pelos gays, sabe ser amiga e está no meio deles, um presente de Deus tê-la como amiga.
Como se estivéssemos em uma frisa de carnaval, vendo as escolas de samba passarem, ficamos ali em plena Av. Atlântica observando a parada acontecer e os carros/trios elétricos passarem.....
Grande foi minha emoção, que quase fui às lágrimas quando avistei de longe a cara de Laura de Vison em frente a um trio elétrico com alguns travestis/transex dançando. Lindo! Lindo!! Bravo! Essa tem história e trajetória consistente de vida no meio gay. Essa foi pioneira! Me expressava para meus amigos... Ano passado tive o enorme prazer de encontrar-me com ela em plena parada e rapidamente tirar meu chapéu, reverenciando a personalidade que se encontrava ali. Salve Laura de Vison! Uma eterna Diva em nossas lembranças e memórias. E Marcinha, continuava a registrar tudo, com sua câmera, flagrando nossa emoção e sustentando tudo poéticamente, através de sua lentes..............

Meu Deus! Como diria o grande Milton Cunha: SARAVÁ!! É ela !! O furacão das passarelas, Ava Simões, nossa eterna miss Rio de Janeiro e atualmente Miss Minas Gerais, exuberante e com aquele sorriso que só ele tem, acenava e distribuía beijos em cima de outro trio elétrico. Admiro e acredito no sonho de Ava, Doutor Charles, para os amigos e a quem interessar possa.
Felizmente, como resolvemos parar ali, na nossa frisa particular e vermos somente a parada passar fui poupado de ouvir os oradores do palanque oficial, ah! Desculpa. Carro oficial.

E lá vem ela !! É a bandeira com as cores do arco-íris cobrindo a multidão que se joga em baixo, sabe Deus alguns procurando o que. Não me contive, para mim é um ritual, tenho que segurar e balançar aquele manto sagrado, sagrado sim independente do que ali acontece, pois sagrado é o que você sente, é o seu interior. O ato de segurar com as duas mãos e balançar aquela bandeira em plena orla de Copacabana, tem um grande signifcado, pois é um momento único que podemos expressar em meio a milhões de pessoas, aos olhos do mundo, histórias de vida parecida ou igual a minha; Somente com cenário diferente: temos orgulho, somos milhões, exigimos respeito e nossos direitos por mais que gritamos, não são iguais, mas um dia quem sabe serão e ai poderemos até cantar que SOMOS TODOS IGUAIS braços dados ou não...Observo a bandeira do arco-íris passar, e observo com toda lucidez, que ali, naquele momento a XII parada, estava conotando uma realidade maior, era o Brasil, estampado regionalmente, com todas as suas marcas de violência somadas em mais de 2582 mortes, números assustadores. Mas também compreendi, que a parada é uma "adolescente", que completou 12 anos, com uma quantidade de hum milhão ou mais de componentes. É para refletir.......
Esse ano valeu a pena PARAR e ver a PARADA PASSAR.

Paulo Felipe é advogado


quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Frase do dia
"Há um sentimento crescente de que o afastamento do senador Renan daria melhor andamento aos trabalhos do Senado. Não adianta tapar o sol com a peneira."

Ideli Salvatti (SC), líder do PT

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Cidade Maravilhosa - Dalinha Catunda / Rio de Janeiro



Cidade Maravilhosa
Mágica em sua beleza,
Geograficamente bela
Esplendor da natureza
Abrigo dos encantados
Que fitam embasbacados
Sua infinita riqueza.
Musa de tanto poetas,
Que cantam em seu louvor
Não deixe que a violência,
Apague seu esplendor .
Não quero ver lacrimados,
Olhos desencantados,
Vitimados pela dor.
Ómeu são Sebastião.
Mártir Santo padroeiro
interceda junto a Deus
Pelo Rio de Janeiro,
Traga para essa cidade,
Muita paz e felicidade,
E se puder, bem ligeiro.
Essa cidade sempre foi,
Acolhedora e maravilhosa,
Mesmo não sendo sua filha,
Dela me sinto orgulhosa,
Pois me abrigou em seu seio,
Realizou meus anseios,
E me fez vitoriosa.
Dalinha Catunda é escritora e natural de Ipueiras, Ceará

sábado, 6 de outubro de 2007

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Frase do dia
" Esse mundo de partidos é um balcão de negócios, é uma prostituição."

Nelson Goetten, deputado federal de Santa Catarina que trocou o DEM pelo PR