terça-feira, 19 de setembro de 2006

Idade Avançada - Por Mario Serdan / Rio de Janeiro

Quase todos me pedem uma opinião sobre seus impasses amorosos. Explico que não posso ajudar, que sou apenas um escritor, mas... às vezes não me controlo. Principalmente quando recebo mensagens de uma garotada de 14, 15, 16 anos, dizendo que nunca mais irão amar como amaram o ex-namorado, ou revelando seu profundo desgosto com a vida, um "nada dá certo pra mim" que pesa feito uma cruz a ser carregada vida afora.
Já tive 16 anos. Tive 18. Tive 20. Sofri por amor. Achei que nunca mais iria amar de novo. Achei, também, que a vida era ingrata, difícil, que as portas tinham a mania de se fechar bem na hora que eu ia entrar. Qual foi a solução? Fazer 25 anos. Depois 27. Depois 34. E, então, 39, que é onde me encontro: numa idade avançada.
Idade avançada é uma expressão pejorativa. Dizer que alguém está em idade avançada é uma maneira educada de dizer que ele é um matusalém. Nada disso, caríssimos. Avançada tem outras conotações, nem todas vinculadas ao túmulo.
Avançar envolve progresso. Avança-se não só em relação ao tempo, mas também em relação ao meio em que se vive, aos conceitos que nos são impostos. Avançando, nossa percepção do mundo é ampliada, nossa história de vida acaba se justificando e nos preparando para o que vem mais adiante. Daqui, deste posto avançado em que me encontro, posso dizer que a gente ama muitas vezes e que a vida têm mais portas do que parece. Nem todas chaveadas. Algumas, inclusive, entreabertas.
Idéias avançadas, pessoas avançadas, costumes avançados: tudo isso sugere modernidade. Gente que já superou a fase do dramalhão está se divertindo com as opções encontradas. É maravilhoso ter 14, 16, 19 anos. Portanto, não desperdice essa idade de ouro sofrendo como se tivesse 80. Sofra como quem está apenas na segunda dezena da vida e tendo milhões de dias pela frente para aprender a ser jovem. *PC*
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.