quarta-feira, 5 de abril de 2006

Sol indolente abúlico - Por Marcondes Rosa de Sousa / Fortaleza

Volta-me a cena de anos atrás. Adentro, a convite, sala de Ciro, recém-eleito governador. Na porta, um susto. " que foi?"- indaga-me ele. "Aquela foto... Cheira-me a queda de braços entre Tasso e você".Ao longo do tempo, ele me nega a "queda de braços". E me constrói a metáfora do João Batista a preparar, com Tasso, os caminhos do messias na redenção nacional. Na verdade, são explícitas as relações de pacto entre os dois. No alto clero, já que, no baixo, criaram-se os nítidos "neologismos" de disputa entre "ciristas" e "tassistas".Hoje, não sei onde intrigante foto andaria. A última vez, eu a vi por trás do birô de Beni Veras, quando vice-governador. E os dois personagens da foto aí estão, a espargir sinais de real pacto entre eles. Tasso, nas eleições presidenciais, apoiou Ciro. E hoje, por ironia, administra ímpetos do "paulistério" sobre a Nação, enquanto o olhar de Ciro recai sobre a integração e a valorização das meso-regiões.Apesar disso, o Ceará fragmenta-se na babel das "notas de rodapé", a se arvorarem em texto principal e suposto projeto. O de outrora, que contou com amplas correntes e o aval de personalidades como Celso Furtado, agora se dilui na fragilidade das metáforas de "detran" a nos falar das "marchas e câmbio", do "acelerador", do "dobrar à esquerda" e miudezas assim.Nestes tempos de agora, símbolos nos dizem mais que fatos e coisas. Nesse contexto, a foto da "queda de braço" nos volta. E, desta vez, a confundir-se com a marca-símbolo do Governo Estadual, toldando-nos a visão de ambigüidades: rede armada, a nos convidar ao ócio. Nela espraiado, o belo sol - indolente e abúlico...Quem sabe é hora de reeditarmos o clima de pacto histórico do final dos anos 80, optando pela "água grande" a nos levar o Ceará, a Região e o País, a horizonte mais alto.*PC*

Texto publicado originalmente no jornal O Povo, de Fortaleza.

Marcondes Rosa de Sousa é professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual do Ceará (UECE).
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.