segunda-feira, 24 de abril de 2006

Biografia de Aquiles Peres Mota - Por Bérgson Frota / Fortaleza


Filho de Otacílo Mota e Antônia Peres Mota, Aquiles Peres Mota nasceu em 09 de agosto de 1924 em Ipueiras. Teve como irmãos : Arquimedes, Otacílio, Vicente Possidônio e Antônio Manuel.
Como irmãs : Zuíla, Zélia, Zilda, Zenaide, Zuleide, Zilmar, Maria Estela e Maria de Lourdes.
Desde cedo a política corria de forma clara no seu sangue. Filho de um líder partidário local, Aquiles logo aprendeu as duas faces do poder, e desse aprendizado fez uso na sua vida de forma coerente, honesta e brilhante.
Em Fortaleza, a atuação política de Aquiles Peres Mota, inicia-se na década de 40. Entre os anos de 1945 e 1946 foi líder estudantil, integrando de forma atuante a direção da Casa do Estudante Secundarista (Centro Estudantil Cearense) e em 1950, como filiado da União Democrática Nacional (UDN), foi candidato a deputado estadual pela primeira vez, não sendo eleito, ficou na suplência da bancada da UDN na Assembléia.
Casou-se com Lia Sabóia Peres Mota que lhe deu duas filhas : Zuíla Sabóia Peres Mota e Liliane Sabóia Peres Mota.
Formou-se em advocacia pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em l952. Foi Promotor Público em Guaraciaba do Norte, São Benedito e Ipueiras. Deputado Estadual com oito mandatos consecutivos passando pela UDN e a Aliança Renovadora Nacional (Arena), com o fim do bipartidarismo, filiou-se ao Partido Progressista Brasileiro (PPB). Foi Primeiro Secretário da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará e seu Presidente no biênio 1983-84 e em 1986-1987.
Enfrentou uma única vez uma disputa majoritária, sendo candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo então vice-governador Adauto Bezerra(PFL). Adauto foi derrotado pelo empresário Tasso Jereissati (PMDB).
Em 1990, Aquiles Peres Mota enfrentou sua última disputa política ao se candidatar como Deputado Estadual, obtendo 12.045 votos, ficando na suplência do PDS na Assembléia.
Sua história como político aqui se encerra, vale lembrar porém a importância política que teve nos antigos governos de Virgílio Távora e Adauto Bezerra, antes e durante o período revolucionário de 1964, onde como político e colaborador soube usar da moderação e influência aos que foram perseguidos.
Como expressão de seu grande caráter e respeito pela política e aos que a ela se dedicam narro o seguinte fato :
Foi o último orador a ocupar a tribuna do Paço Senador Alencar, na antiga sede do Poder Legislativo Estadual. Num gesto de amor e respeito, e de forma simbólica, representando todos quantos tiveram passagem pelo centenário prédio instalado em 1871, comovidamente na despedida beijou a Tribuna, deixando transparecer a emoção em lágrimas.
O ex-senador peemedebista Cid Sabóia de Carvalho considera que Aquiles Peres mota foi "provavelmente o melhor presidente da Assembléia Legislativa do Ceará," destacando com um orgulho incontido que teve a honra de ser seu amigo cuja uma das características marcantes deste grande político ipueirense foi a lealdade.
Aquiles Peres Mota faleceu num domingo às 14:00 vítima de parada cardíaca em Fortaleza. Era 19 de março de 2000. Seu corpo foi velado durante toda a tarde e noite num dos salões da Assembléia Legislativa e sepultado no dia seguinte no cemitério Parque da Paz.. *PC*

Bérgson Frota é professor visitante da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e professor de Grego Clássico no Seminário da Prainha - Fortaleza.

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.