quinta-feira, 16 de fevereiro de 2006

O olhar - Por Dalinha Catunda / Rio de Janeiro


Seu rosto severo e sofrido, trago guardado comigo, com carinho e gratidão. Ela foi em minha vida, mais que uma mestra amiga, foi exemplo, foi lição ... Seu olhar calava a sala. Sua figura impunha respeito. Peculiar no seu jeito, ela fazia a diferença. Por isso sua presença, carrego dentro do peito. *PC*

Texto publicado originalmente no jornal O Povo, de Fortaleza.

Dalinha Catunda é escritora e natural de Ipueiras, Ceará.
Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.