terça-feira, 28 de fevereiro de 2006

Amor de carnaval - Por Dalinha Catunda / Rio de Janeiro


Me vesti de colombina,
com alegria de menina,
fui brincar meu carnaval.
Era grande minha alegria,
achava aquela folia,
realmente genial.
Foi quando passou por mim,
pulando pelo salão,
fantasiado de índio,
conquistou meu coração.
Era na realidade,
o mais belo folião.
Quando nos esbarramos
no meio da multidão,
foi total encantamento,
fui dançar em seu cordão.
Sua flecha de guerreiro.
acertou meu coração. *PC*

Dalinha Catunda é escritora e natural de Ipueiras, Ceará.

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.