sábado, 9 de julho de 2005

Zeca Frosino - Nota Biográfica - Por Dalinha Aragão / Rio de Janeiro


Em 9 de março do ano de 1926, nascia no lugarejo chamado Abílio Martins, interior de Ipueiras, aquele que pode ser chamado, por direito, de nosso rei do forró.

José Batista dos Santos, conhecido popularmente como "Zeca Frosino", hoje na cultura cearense é sinônimo de tradição. Sendo, portanto, parte importante do patrimônio histórico de Ipueiras.

Filho de Eufrasino Batista dos Santos e Silvina Maria da Conceição, casado com Dona Maria Cordeiro dos Santos (serrana de fibra), de cuja união nasceram onze filhos, companheira de garra, que sempre acompanhou o marido, ajudando-o nos momentos difíceis, e incentivando-o nas horas dos sonhos.

Há cinquenta anos, com muito sacrifício, porém com muita coragem, teve ele a singela idéia de organizar um forró para animar sua gente. A partir daí, chovendo ou fazendo sol, em todo primeiro sábado de lua cheia, no mês julho, ele faz Ipueiras dançar em ritmo de forró.

A sabedoria dos simples deu a ele o poder de reunir numa mesma festa o povo da cidade e as gentes do interior numa perfeita confraternização.

Foi pautado na amizade, na honestidade, e acima de tudo no respeito, que "Zeca Frosino" conquistou uma legião de admiradores e seguidores.

Assim, este ipueirense carismático, de alma festiva, digno de nosso respeito e admiração, lenda viva de Ipueiras, deixará em nossa história seu nome e a certeza de que passará de pai para filho a responsabilidade de levar adiante tão importante missão. *PC*

Dalinha Aragão é escritora e natural de Ipueiras, Ceará.

(047)

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.