quinta-feira, 12 de maio de 2005

Ipueiras está de luto - Por Carlos Moreira / Ipueiras


Morreu nesta manhã de quinta-feira, dia 12 de maio, na "terra do sol" - Fortaleza -, Edmundo Bezerra de Medeiros, aos 91 anos de idade. Pai exemplar, político com pensamentos udenistas, conservando sempre a ideologia partidária, foi prefeito de Ipueiras nomeado pelo Governador Faustino de Albuquerque em 1947 e vereador mais votado em três legislaturas. Foi ainda promotor adjunto e auditor das Escolas Públicas Estaduais.

A figura do correspondente do interior marcou muito a vida dos jornais brasileiros. Foi o caso de Edmundo Medeiros, que se fez porta-voz da comunidade ipueirense. No início dos anos 50, ele já informava através do O POVO e foi correspondente dos Correios e Telégrafos durante vários anos. Em uma época em que não existia nem telefone na cidade, Edmundo dava conta de manter a colônia ipueirense bem informada. Autodidata, ele é da leva de jornalistas que chegaram às páginas do O POVO ao tempo de Paulo Sarasate.

Homem de gosto simples, de atitudes bem pensadas e um profundo amante do interior, Edmundo em toda a sua vida sempre se negou a deixar Ipueiras, por acreditar que é no campo e nas selvas onde a vida se renova.

Edmundo Medeiros foi criado num ambiente  de rígida moral. Aos poucos o leitor, o intelectual e o jornalista desenhavam formas de uma imprensa democrática e popular sem contradições. É bem provável que tenha sido o primeiro grande jornalista de Ipueiras a descobrir a vocação do veículo para o serviço ao cidadão e para a educação da sociedade. Outros, antes e depois dele, enfatizaram uma suposta missão da imprensa de produzir a transformação social. Em meados do século passado, ele deve ter sido dos primeiros, e não apenas em Ipueiras, a procurar mostrar a variedade de caminhos, em vez de apontar uma única opção. Na travessia das décadas de profundas transformações sociais, localizadas e generalizadas, a mídia total mantinha, aos olhos de Edmundo Medeiros, a meta de simultaneamente seduzir o leitor.

O prefeito de Ipueiras, Raimundo Melo Sampaio (Nenem do Cazuza), decretou luto oficial por três dias.

Carlos Moreira é radialista

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.