quarta-feira, 11 de maio de 2005

Águas Retiradas - Por Marcondes Rosa de Sousa / Fortaleza

Pracinha do interior - "virtual", a diferença. Ali, gerações nos reunimos, em papos de "suspiros poéticos e saudades", mesclados à dor do povo, em súplicas por chuvas a São José.

Jornais estendidos ao chão falam de águas transpondo-se, de bacias interligando-se, feitas caminhos a tingir de verde os sertões. Pessimista, alguém reclama: "Aqui, somos, a partir do nome - "Ipueiras", em tupi -, 'águas retiradas'!" Mais otimista, outra voz dá conta de projeto: o açude "Lontras", a dormir no Dnocs, à espera de "decisão política". Mais realista, alguém propõe a construção do "Cupira", mais modesto. "Faltam recursos" - avisa o prefeito. "Descaso!" - uma senhora revolta-se.

Escândalo, os elevados índices de indigência e pobreza absoluta de mais da metade da população. Sardônico, alguém cobra: "E cadê as apregoadas indústrias de Tasso e de Ciro, que, por aqui, não apareceram?" Os mais otimistas apontam progressos: na educação básica e na queda da mortalidade infantil. E outros, a decantar o potencial das serras úmidas, das macambiras, da cultura e do capital humano da terra. Mais pragmático, alguém grita: "E por que não uma associação?" E uma jovem: "Sou funcionária no Congresso Nacional. Panfletagem? É comigo mesmo!". A idéia é faísca a se alastrar...

Fico a matutar. Uma pequena cidade, em seu atraso, a converter-se em emblema das populações esquecidas: um "sítio" às margens de uma "www", na Web, www.ipueiras.com. Ao lado, a virtual "pracinha": ipueiras@grupos.com.br, todos a se dar as mãos. O local fazendo-se global, socorrido por este. Tempos novos. Que se lembrem disso nossos políticos! *PC*

Texto publicado originalmente no jornal O Povo, de Fortaleza.

Marcondes Rosa de Sousa é professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

(023)

Postagem anterior
Próximo Post

Postado por:

0 comentários:

As opiniões expressas aqui não reflete a opinião do Blog Primeira Coluna.