quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Cearense ganha prêmio de fotografia da Aliança Francesa e vai para Paris com tudo pago

Com o tema tão atual e crucial – “Mas onde está a água?” – o Prix Photo Aliança Francesa 2018 recebeu quase 300 ensaios fotográficos vindos de todas as regiões do Brasil. E o vencedor é de Fortaleza, Weberton ‘Beto’ Skeff com seu ensaio, “Doces desejos de fôlego”, que ganhará uma viagem com acompanhante para Paris, com tudo pago.
“Doces desejos de fôlego é um relato que pretende abordar a relação do sertanejo com água e sua escassez. Numa tentativa de deslocar a fotografia de uma zona classificatória, este trabalho se apresenta de inúmeras formas: Ora documental, ora ficcional, ora de natureza indefinida, mas sempre respeitando a vontade de descrever e compartilhar suas experiências vivenciadas ainda quando criança no sertão central do Ceará”, descreve o ganhador do concurso.
“Os diferentes trabalhos apresentados refletem a diversidade de olhares, técnicas, estéticas e abordagens sobre essa questão vital, que impacta o presente e o futuro”, aponta o diretor da Aliança Francesa Fortaleza, Marc Ellul.
Os trabalhos vencedores apresentam uma narrativa visual sobre duas regiões brasileiras simbólicas e traduzem esteticamente as contradições da relação do homem com a natureza.
O júri – formado pelos especialistas e professores Ioana de Mello, Eugênio Sálvio, João Kulcsár, Katia Chalita e Marie Hospital – justificou a escolha pelo ensaio cearense, pois aborda de maneira concisa a relação do sertanejo com a água e sua escassez.
“Em 2018 tivemos propostas muito bonitas, e uma boa representação geográfica de todo o território brasileiro. Obrigado a todos pelo seu envolvimento nesta competição nacional das Alianças Francesas espalhadas pelo no Brasil”, finaliza o diretor cultural da AF no Brasil, Thomas Brégeon.
O segundo lugar foi a carioca Ana Carolina Fernandes, com “Os Veios Abertos da Baía de Guanabara”, que denuncia o “descaso desumano” com as águas da Baía de Guanabara (ganhou um fim de semana para 2 pessoas no Hotel Sofitel Ipanema), e o prêmio do júri popular ficou com o mineiro Rodrigo com a obra “ser peixe”, e vai levar uma bolsa de um semestre na Aliança Francesa.
Fonte: Tribuna do Ceará

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Natal de Luz atrai populares à Praça Padre Angelim em Ipueiras

A iluminação de Natal da Praça Padre Angelim foi inaugurada dia 28 de novembro, data que celebra o alteamento da bandeira em alusão a festa de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade de Ipueiras. A decoração tornou-se um dos atrativos turísticos dentro das comemorações de final de ano. A iluminação será mantida até o dia 6 de janeiro. O local ganhou também papai Noel, pinheiros, além de sinos nos postes.


O objetivo principal da iniciativa da prefeitura em decorar a praça, é envolver a população do município nas comemorações desta data tão especial, potencializando o embelezamento de Ipueiras. A comemoração em louvor ao nascimento de Jesus, é o centro das festas de fim de ano e da temporada de férias, sendo, no cristianismo, o marco inicial do Ciclo de Natal.


O trabalho de decoração e iluminação foi realizado por as equipes da prefeitura, sob a coordenação da primeira-dama do município, Ana Tereza Pinho Sampaio.

Confira o vídeo produzido pela prefeitura de Ipueiras:


Carlos Moreira é radialista 

Congresso terá novas tentativas de votar projetos de Escola Sem Partido e leilão do pré-sal

Senado vai tentar, mais uma vez, votar o projeto que autoriza o leilão dos direitos de exploração do pré-sal. A proposta muda o acordo chamado de cessão onerosa, que dá exclusividade à Petrobras para explorar a camada de petróleo.
Caso a matéria seja aprovada, outras empresas vão poder explorar até 70% do total, o equivalente a 3,5 bilhões de barris de petróleo.
O governo espera uma receita de aproximadamente R$ 100 bilhões com o leilão. Já faz algumas semanas que os senadores tentam costurar um acordo para a votação.
O projeto esbarra em divergências sobre a divisão do dinheiro e que parcela vai ser distribuída para estados e municípios.
A meta é aprovar o texto sem alterações, para que não volte à Câmara, e o governo editar uma medida provisória definindo a distribuição da verba.
Na Câmara, a expectativa é pela votação do projeto Escola Sem Partido na comissão especial que analisa o tema.
A oposição deve obstruir os trabalhos na tentativa de evitar que a matéria seja votada. A comissão tem sido marcada por debates acirrados de lado a lado, com muitas interrupções e dificuldade no andamento dos trabalhos.
Fonte: Jovem Pan

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Câmara de Ipueiras elege nova mesa diretora para o biênio 2019/2020
Raimundinho do Charito - Presidente eleito

A Câmara de Ipueiras elegeu na manhã dessa quinta-feira (29), a nova mesa diretora da Casa. Raimundo Nonato Bezerra Moreira – “Raimundinho do Charito” (PSD), é o mais novo presidente do parlamento municipal.

Confira a composição da mesa diretora:

Presidente: Raimundo Nonato Bezerra Moreira (PSD)
Vice: Antônio Carlos de Carvalho (PDT)
1º Secretária: Judite Maria Martins Moreira (PDT)
2º Secretário: Gonçalo Alves do Vale (PDT)

Para o atual presidente, Denis Mourão (PDT), “a Câmara deu um exemplo de cidadania e respeito, evitando possíveis embates desnecessários. A ideia é unir Ipueiras, queremos que o município avance”, finalizou.

Raimundinho do Charito (PDT), presidente eleito, “falou da importância em avançar na transparência, na legalidade nas contas públicas e fazer história no poder legislativo, adotando medidas que serão aprovadas pela população ipueirense”, concluiu.

Denis Mourão (Presidente atual), Nenem do Cazuza (Prefeito) e Raimundinho do Charito (Presidente eleito)

A votação aconteceu de maneira pacifica e ordeira, demonstrando maturidade dos edis no processo eleitoral. Exemplo para os demais municípios da região. Encerra-se o ano de 2018 com uma eleição clara e transparente na “casa do povo”, quem ganha com tudo isso? A população de Ipueiras.

A mesa diretora da Casa das Leis é responsável pela condução dos processos legislativos. A cada dois anos a mesa é eleita pelos 13 vereadores em votação, com a maioria absoluta dos votos.

Carlos Moreira é radialista 
Municípios do País promovem ‘Dia D’ de combate ao Aedes nesta sexta (30)


Todos os municípios do país estão promovendo deste o último domingo (25), diversas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti como, por exemplo, visitas domiciliares, mutirões de limpeza e distribuição de materiais informativos.
O Dia D de combate ao mosquito é nesta sexta-feira (30). No total, 210 mil unidades públicas e privadas estão sendo mobilizadas, sendo 146 mil escolas da rede básica, 11 mil centros de Assistência Social e 53 mil unidades básicas de Saúde.
Dalton Pereira da Fonseca Jr, superintendente da SUCEN, que controla as epidemias, alertou a população para redobrar a atenção no Verão.
Segundo o Ministério da Saúde, até o dia 3 de novembro foram notificados 224 mil casos de dengue em todo o país, uma pequena redução em relação ao mesmo período de 2017. O número de óbitos também foi menor.
Para Dalton Pereira, um dos fatores de controle da epidemia são os avisos através das redes sociais e o aplicativo Sigelu, que ajuda no combate ao Aedes, lançado no ano passado.
Também foram registrados, até o dia 3 de novembro, 81 mil casos de febre chikungunya – uma redução de 55% em relação ao mesmo período do ano passado. Já os 7,5 mil casos prováveis de zika em todo o país representaram uma redução de 54% em comparação a 2017.
Fonte: Jovem Pan
Mercado de trabalho enfrenta desafios com o envelhecimento da população

A população brasileira deve começar a reduzir a partir de 2047. Os dados, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que o Brasil, que hoje tem população total de 208,5 milhões, alcançará 233,2 milhões em 2047 e, a partir daí, reduzirá a 228,3 milhões. Ainda segundo o IBGE, a partir de 2039, haverá mais idosos que crianças no país. Neste ano, um a cada quatro brasileiros terá mais de 65 anos.

O envelhecimento da população traz consequências como o aumento com gastos de saúde e aposentadorias e impactos no mercado de trabalho, que enfrenta uma espécie de conflito. Isso porque as pessoas, mesmo envelhecendo, desejam ou necessitam continuar trabalhando, e as empresas, por sua vez, não estão preparadas para manter esses trabalhadores.

“Hoje, nesse contexto laboral, muitas vezes nós já temos três gerações trabalhando de forma conjunta, às vezes quatro. Nós temos esse impacto de conflitos dentro das nossas casas ou o não entendimento de diferentes gerações. Imagine isso no contexto industrial... acaba tendo impacto voltado à produtividade”, explica a coordenadora do Centro de Inovação SESI em Longevidade e Produtividade, Noelly Mercer.

Outra previsão do IBGE é de que, em 2040, a maior parte das equipes de trabalho será de pessoas com mais de 45 anos. O Centro de Inovação SESI em Longevidade e Produtividade cria soluções para evitar a geração de custos com saúde e perdas de produtividade. Segundo a coordenadora do centro, o objetivo é fazer com que “as pessoas construam hábitos saudáveis para que elas cheguem aos 70 anos com capacidade produtiva e qualidade de vida, podendo continuar contribuindo no ambiente de trabalho”.

Uma das ferramentas utilizadas para alertar as empresas sobre a importância de investir em um ambiente saudável, capaz de conciliar a longevidade nas indústrias é o portal longevidade.ind.br. O site reúne indicadores de todos os estados e municípios brasileiros, notícias e eventos sobre envelhecimento.

Fonte: Agência do Rádio

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Câmara Municipal de Ipueiras concederá Títulos de Cidadania Honorária

O auditório do CRAS/SEDE será palco da cerimônia de entrega de Títulos de Cidadania Honorária dia 22 de novembro, promovido pela Câmara Municipal de Ipueiras. Serão aproximadamente 50 títulos para personalidades reconhecidas pelo município, por meio das indicações dos vereadores.

O título de cidadão foi criado para premiar aqueles que prestam serviços relevantes à cidade. Quando a pessoa não nasce em um determinado município, mas fez algo importante por ele, pode receber um título de cidadania.

A concessão das honrarias foi proposta pelos 13 vereadores, como forma de o Legislativo Municipal reconhecer a atuação daqueles que contribuam com o desenvolvimento de Ipueiras e lutam pela garantia de direito à população.

O presidente da Câmara, Denis Mourão, destaca e agradece a atuação de pessoas em prol do município, "estes por sua vez já moram em Ipueiras há muitos anos", concluiu.

Cidadão

A concessão do título de Cidadão Honorário é uma matéria própria dos poderes legislativos, nas três esferas da federação brasileira. No âmbito do município, está prevista na Lei Orgânica Municipal.

O titulo é dado à pessoa que reconhecidamente tenha prestado relevantes serviços ao município. Cidadão é toda e qualquer pessoa que atue na vida da cidade e de alguma maneira tenha contribuído ou contribua com a história do município.

A pessoa que recebe o titulo de Cidadão Honorário passa a ser um conterrâneo, mesmo que não tenha nascido no município, que lhe concede tal homenagem.

LOCAL: CRAS / SEDE

DATA: 22/11/2018

HORÁRIO: 19

Redação Primeira Coluna

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Governador Camilo Santana reúne secretariado e diz que novo governo terá mudanças

O governador Camilo Santana, eleito para o segundo governo em 2019, afirmou que pretende mudanças para “garantir melhores resultados para a população cearense” em 2019. Ele se reúne na manhã desta terça-feira, 30, com todo o secretariado do governo a fim de avaliar e fazer um balanço de ações e projetos aplicados durante seu último ano do primeiro mandato. Camilo também falou à imprensa que a relação que deve manter com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) é de diálogo, buscando conseguir investimentos para o Estado.

“A eleição terminou, o importante agora é pensar no Brasil e no Ceará. Estarei sempre na luta em defesa do meu Estado, do meu povo do Ceará, isso eu não abro mão de forma alguma”, declarou. “A importancia, ao meu ver, é que o Brasil possa retomar o seu crescimento, com diálogo, respeitar a democracia e a constituição, já é o que o novo presidente sinalizou nos seus pronunciamentos depois de eleito”, complementou.
Na reunião, o governador afirmou que vai priorizar algumas ações até o fim do ano, como obras nas áreas da saúde, educação e estradas que precisam ser concluídas. Ele disse também que as contas estão equilibradas no final do ano e que tem havido um crescimento de investimentos comparado ao ano passado. “Se Deus quiser vamos acabar o ano como acabamos os últimos anos, com as contas fechadas”, projetou.

Fonte: O Povo
Gado sofre com a escassez de água e alimento no sertão do Ceará

Nesta época do ano, com o tempo cada vez mais quente e seco, o rebanho bovino sofre com a falta de pastagem nativa e de água no sertão. Os criadores enfrentam desde 2012 dificuldades para manter os animais. O gado está magro. Quem buscou alternativas como formação de silos para segurança alimentar e reduziu o número de animais ainda se mantém na atividade, mas o quadro é de dificuldades. A partir de junho, no sertão do Ceará, as chuvas ficam escassas até a chegada da pré-estação (dezembro e janeiro) que pode favorecer a formação da pastagem nativa (capim) para alimentar o rebanho. Até lá, é preciso, entretanto, fazer a travessia. Quem percorre rodovias no sertão cearense observa os animais nas roças secas, quase sem mato, lambendo terra e pedras à procura de gramíneas. Nos Inhamuns, em Tauá e Arneiroz, por exemplo, o rebanho sofre com a falta de alimentação. "A situação da pecuária é grave aqui na região", disse o criador Francisco Lima, que mantém uma criação de 20 bichos nas proximidades de Cachoeira de Fora. "Na roça, o gado tenta comer o resto de pasto, mas a terra está seca, sem nada".

Os criadores alegam falta de condições financeiras para comprar ração e capim para alimentar o rebanho. "O gado é criado solto e sofre nesta época do ano", observa o técnico agrícola Marcos Pereira. "Entre Inhamuns e Catarina, as chuvas foram poucas neste ano, e as dificuldades já vêm desde 2012".
Alguns produtores levam os animais para pastar nas margens da rodovia. "É o jeito usar esse capim para não deixar os bichos morrerem de fome", justificou o agricultor Raimundo Rodrigues. O criador colocou duas pessoas, sinalizando os motoristas com anelas para evitar acidentes.

De acordo com relato dos vaqueiros e dos próprios criadores, nos últimos sete anos houve morte e venda de animais mediante as dificuldades para alimentar o rebanho. "Muitos venderam a maior parte do gado porque não tinham como sustentar", disse o agricultor Sebastião Alves. Os produtores rurais mostram-se preocupados com os anúncios de que 2019 será mais um ano com chuvas abaixo da média histórica, de fevereiro a maio. "A gente fica temeroso, mas não perde a esperança", conta o agricultor, Francisco Lavor, da região de Alencar, zona rural de Iguatu. Tecnologias Somente uma parte dos criadores investe em tecnologias alternativas de alimentação do rebanho, priorizando a formação de silos (armazenamento de  capim ou de sorgo forrageiro) para ser usado no período de escassez. ´Já houve avanços e até os anos de seca serviram de ensinamento", observou o gerente da Ematerce em Iguatu, Joaquim Virgolino.

Fonte: Diário do Nordeste

TRE-CE cassa diplomas de prefeito e vice de Tianguá eleitos em junho

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, presidida pela desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, na sessão desta terça-feira, 30/11, cassou, por unanimidade, os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Tianguá, nos Recursos Contra Expedição de Diploma nºs  0600518-37.2018.6.06.0000 e 0600525-29.2018.6.06.0000, ambos da relatoria do juiz Alcides Saldanha Lima.

A Corte determinou a execução do Acórdão após confirmação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nos termos do voto do relator. Até então eles permanecem no cargo.

José Jaydson Saraiva de Aguiar e Mardes Ramos de Oliveira foram eleitos prefeito e vice, respectivamente, no último dia 3 de junho, na eleição suplementar ocorrida no município, após o o indeferimento do registro de candidatura do prefeito nas Eleições de 2016, do prefeito Luiz Menezes de Lima e do vice Aroldo Cardoso Portela.

Entenda o caso

Um dia após o deferimento do registro de candidatura, pelo juízo da 81ª Zona Eleitoral, de José Jaydson Saraiva Aguiar, em 22/5, para as eleições suplementares, o TRE-CE julgou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral que já tramitava na Corte, mantendo pena de inelegibilidade por 8 anos ao candidato José Jaydson, por abuso de poder econômico/político quando disputava as Eleições 2016 (não eleito).

No dia 11/6, o Tribunal decidiu por unanimidade, que, no momento do pedido de registro da chapa, não havia situação de inelegibilidade, e, portanto, manteve válida a candidatura.

No entanto, nesta terça-feira, 30/11, enfrentando os Recursos Contra Expedição de Diploma, a Corte decidiu pela cassação dos diplomas dos eleitos.

Redação Primeira Coluna