terça-feira, 26 de março de 2019

Curto-circuito causa princípio de incêndio em agência da Caixa em Ipueiras

Um curto-circuito no medidor de energia causou um princípio de incêndio, por volta das 21h30 dessa segunda-feira (25), na agência da Caixa Econômica Federal do município de Ipueiras, distante 300 quilômetros de Fortaleza. Uma enorme fumaça branca se espalhou pelo entorno do local, chamando a atenção dos moradores.
Segundo o capitão Prado, do Corpo de Bombeiros na região, a guarnição responsável pela área foi informada que havia ocorrido um curto-circuito na agência, mas que o fogo já estava controlado e, por esse motivo, não foi necessária a presença de uma equipe no local.
O capitão informou, ainda, que uma equipe da Polícia Civil deve ir até o local para a realização de perícia.
Fonte: Diário do Nordeste 
“Quem apanha não esquece”

O PSL está rachado.
Alexandre Frota disse para O Globo:
“O PSL é um partido que tinha um deputado e agora tem 55, na sua maioria novos, que pensam diferente. É engraçado o governo querer contar com o PSL, sendo que, na transição, o partido do governo foi o DEM, que tem ministro da Casa Civil, da Agricultura, tem tudo o que quer.”
E acrescentou:
“Quem apanha não esquece. Não está no direito de se negociar cargos? Cada um está livre para fazer o que quiser. Falta comunicação, faltam articuladores, muita gente não está satisfeita como a reforma foi tratada pelo governo.”
O Delegado Waldir concordou com ele:
“O governo não tem base. Eu sou apenas o líder do PSL. No governo, tem pessoas com o papel de fazer o diálogo com o Parlamento. Elas estão desempenhando bem essa função? É o líder do PSL que tem que ficar colocando panos quentes?”
Fonte: O Antagonista 
Açude Cadeia de Ipueiras e mais 21 barragens já sangraram no Ceará em 2019

Nessa segunda (25), chegou a 22 o número de açudes sangrando no Ceará. O açude Cadeia, no município de Ipueiras, distante 300 km da Capital, atingiu ontem 100%.

O açude Angicos, em Coreaú, a 297 km de Fortaleza, voltou a sangrar na última sexta-feira, 22. De acordo com o monitoramento da Cogerh, o reservatório recebeu um aporte de 1,9 milhão de metros cúbicos de água e começou a sangrar pela segunda vez neste ano.

O Ceará tem hoje 23 açudes com volume acima de 90%. Outros 95 reservatórios estão com volume abaixo de 30%. O volume atual é 13,19% da capacidade total (18,62 milhões de m³).

A informação é da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Redação Primeira Coluna 

quinta-feira, 21 de março de 2019

Desastre da era Dilma é quitado e conta de luz vai cair de preço

A quitação antecipada do empréstimo para socorrer as distribuidoras na crise hídrica de 2014 vai ser quitado de forma antecipada. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deu autorização para o procedimento. A liquidação do financiamento (R$ 21 bilhões) terá como consequência contas de energia menos caras. A expectativa é que a queda nas contas sejam de 3,7% já em 2019 e mais 1,2% em 2020.
Segundo o valor Econômico, “o empréstimo havia sido negociado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) com um grupo de 13 bancos. Na época, as distribuidoras sofriam com forte pressão de caixa por terem que assumir com o alto custo da operação de usinas térmicas. “Vivíamos uma situação altamente desafiadora, com cenário hidrológico adverso”.
A questão foi um dos desastres mais vistosos do Governo de Dilma Rousseff.
Fonte: Focus

quarta-feira, 20 de março de 2019

Ipueiras sedia primeira reunião ordinária do consórcio regional de resíduos sólidos

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (20), a primeira reunião ordinária do consórcio público para manejo de resíduos sólidos na prefeitura municipal de Ipueiras. Recepcionado pelo presidente do consórcio, o prefeito Nenem do Cazuza, participaram do encontro, o prefeito de Nova Russas, Dr. Rafael Pedrosa, de Catunda, a prefeita Ravenna Fernandes, além de secretários municipais, diretores, técnicos e representantes dos municípios de Ipu e Hidrolândia.

O objetivo da união desses municípios é solucionar tecnicamente juntos, a coleta e a disposição final de resíduos sólidos, atendendo a legislação ambiental, evitando a degradação e a poluição  do solo e dos recursos hídricos.


Na ocasião, em um ato simbólico, foram plantadas árvores no Parque da Cidade pelos gestores, o ato é alusivo a “Festa Anual das Árvores 2019”. O evento conta com parceria de 117 municípios e as Unidades de Conservação Estaduais, além de ONGs, universidades, escolas, movimentos ambientalistas e entidades privadas. Serão realizadas diversas ações em todo o estado com o objetivo de conscientizar e sensibilizar a população sobre a importância das árvores para o equilíbrio da vida no planeta e para o bem-estar dos cidadãos.


Para o prefeito Nenem do Cazuza, "a ideia é descartar no máximo 30% do lixo produzido em nossas casas. O sonho é resolver definitivo 100% do lixo. O pensamento é que o consórcio com a reciclagem tornem-se auto sustentável", concluiu.

Carlos Moreira 

sexta-feira, 15 de março de 2019

Colcha de retalhos que tal ?

2018 foi ano de eleição, novamente o eleitor foi chamado a votar. Agora, quantos de nós que já votamos também vamos acompanhar bem de perto o que fazem aqueles que foram eleitos? Independente de você ter votado nele ou não, no momento da posse em diante ele também é seu deputado, senador, governador e presidente.
CHEQUE EM BRANCO
Eleitor reclama, mas a cada eleição é chamado a votar. Cumpre, mas a partir daí pensa que nada mais há a fazer. Era, porque o voto é como se você desse um cheque em branco para alguém. Em branco, não, porque só com sua assinatura -o voto. Ação política não é só votar.
FOGO AMIGO
Se o presidente não der um aperto vai sofrer muito do que eu chamo de “fogo amigo”. O filho, senador eleito, várias vezes afirmou nada ter com a denúncia do COAF. Então, se nada tinha, que tal deixar que a investigação continuasse? Resultado: o pedido de parar investigação vai ele virar alvo preferencial tão logo assuma e, por via nem tanto indireta, abrir flancos para críticas  ao pai presidente. A turma tem de entender que agora a coisa é muito mais séria. Está na hora do presidente dar um basta!
Carlos Moreira 
Ceará terá feriados nas duas próximas semanas

No intervalo de sete dias, a população de Fortaleza e vários outros municípios do Ceará terá dois feriados. O primeiro deles será na próxima terça-feira, 19 de março. Trata-se do feriado religioso do Dia de São José. Embora seja o padroeiro do Estado do Ceará, o feriado não é estadual. Será feriado nos municípios que têm leis específicas a esse respeito.
É o caso da Capital e de outros municípios, como Aracati, Aquiraz, Caucaia, Crateús, Ipueiras, Iguatu, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Pacajus, Quixadá, Sobral, entre outros.
Feriadão
Já no fim da semana seguinte, o cearense terá um feriadão, em 25 de março, uma segunda-feira. Trata-se da Data Magna do Estado, que marca o dia em que a escravidão foi abolida no Ceará. A data que conferiu ao Estado o pioneirismo no Brasil completa 135 anos em 2019.
Com isso, no intervalo de sete dias, serão quatro de descanso - os feriados de 19 e 25, além do sábado e do domingo.
Fonte: O Povo
Após massacre, São Paulo promete colocar policiais em escolas

Um dia após o massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, autoridades anunciaram, nesta quinta-feira, planos de reforço da segurança nos estabelecimentos de ensino. Alocar policiais da reserva dentro das escolas será uma das iniciativas discutidas pelo secretário de Educação da gestão Doria (PSDB), Rossieli Soares, e pelo prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, para reforçar a segurança nos colégios das redes estadual e municipal. A secretaria divulgou que faria uma revisão de procedimentos nos 5.300 colégios do estado de São Paulo.
"Temos em estudo a proposta de colocar alguns policiais em algumas escolas, não serão em todas", afirmou o secretário na saída do velório coletivo de seis vítimas. Não respondeu, no entanto, se os policiais ficariam armados.
Ele listou outras ações que devem ser implementadas como instalação de sistemas eletrônicos de vigilância e barrar o acesso nos portões de entrada, principalmente nas escolas que têm indicadores de maior vulnerabilidade.
"Mas esta não é a mais efetiva ação para esse tipo de problema. Precisamos ir pro lado humano e discutir com os jovens. Precisa da família para ajudar a identificar o problema, para darmos suporte aos alunos que tenham sofrido de depressão ou bullying", afirmou o secretário.
Indenização
O governador João Doria (PSDB) anunciou que pagará indenização de cerca de R$ 100 mil para cada uma das famílias das sete vítimas do ataque. Como os cinco alunos e as duas funcionárias estavam em uma escola estadual, suas famílias serão indenizadas pelo Governo do Estado em até 30 dias.
No entanto, caso optem por receber os R$ 100 mil, as famílias terão que assinar um documento se comprometendo a não acionar judicialmente o Governo do Estado. Essa possibilidade não pesou em sua decisão de indenizar, diz Dória.
Velório
O velório das vítimas foi realizado em um ginásio. Milhares foram ao local prestar homenagens, formando uma grande fila do lado de fora.
Nesta quinta-feira, receberam alta médica três dos 11 feridos. Três vítimas permanecem na UTI, mas com quadro estável.
Já a Polícia Civil pediu à Justiça a apreensão de um adolescente suspeito de ser o terceiro envolvido no ataque à escola. O adolescente de 17 anos também é ex-aluno da escola e estudou com Guilherme Taucci Monteiro, jovem da mesma idade que, segundo a Polícia, liderou o ataque. A participação do novo suspeito teria ocorrido na fase de preparação. A Polícia não revelou quais provas ligam o menor ao ataque, mas já colheu depoimento dele na delegacia.

Fonte: Diário do Nordeste 

quarta-feira, 13 de março de 2019

Cai para 5% a evasão escolar no ensino médio do Ceará

O Ceará atingiu em 2018 o menor índice de evasão escolar já registrado em sua história: 5% dos estudantes que fizeram matrícula no ensino médio da rede estadual abandonaram a escola no ano passado. A informação, com base no Sige Escola (Sistema Integrado de Gestão Escolar), foi divulgada pelo governador Camilo Santana (PT) na tarde de ontem, em bate-papos em seus perfis nas redes sociais Facebook e Instagram.
O índice cai continuamente desde 2007, quando a evasão escolar chegava a 16,4% — a exceção foi 2016, quando o indicador permaneceu igual ao de 2015, 8,9%. Em 2017, a taxa de abandono na rede estadual, de 6,6%, já havia sido a menor já registrada. Os números desse período são do Censo Escolar. Camilo creditou a marca às ações implementadas pela Secretaria da Educação (Seduc) e disse ainda querer melhorar ainda mais o índice. "Estamos com uma política de estímulo, premiação e acompanhamento para que a médio e longo prazo a gente consiga atingir esse objetivo", afirmou.
E completou: "Se compararmos com o Brasil, a taxa de abandono nacional é de 8,9%. Estamos praticamente com a metade da taxa e vamos trabalhar para melhorar. O Ceará tem se destacado na educação pública brasileira. Hoje, é um referência nacional e fora do Brasil".
Titular da Seduc, Eliana Estrela aponta que o mérito para o resultado se deve, sobretudo, ao investimento em escolas de tempo integral e de educação profissional. O governador citou nas redes sociais que o Estado tem o maior número de escolas profissionalizantes em tempo integral: 121. Eliana lista ainda um "conjunto de atividades" que permitiram alcançar esse índice.
São ações como o Mais Paic (Programa de Aprendizagem na Idade Certa), que prepara o aluno do 9º ano com vistas ao Ensino Médio; o programa Diretor de Turma, que "desenvolve competências socioemocionais dos alunos"; e o foco no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Ela ainda destaca o papel da Superintendência Escolar, com um "olhar mais especial" para as escolas e o estabelecimento de metas. "Os jovens têm mais oportunidades de aprendizado, cooperação, desenvolver o protagonismo".
Para reduzir a evasão ainda mais, a secretária cita a busca ativa feita por projetos como Nenhum Aluno a Menos, em parcerias com prefeituras municipais, e Diretor de Turma. Neste último, há monitoramento de faltas consecutivas do aluno. "Se ele falta três ou quatro dias, já emite um sinal de alerta para ir fazer essa busca. Se o aluno está fora há algum tempo a busca utiliza outros mecanismos".
A titular da Seduc reconhece, porém, que o ensino noturno ainda precisa de maior atenção. "Geralmente, trabalhadores, passam o dia no emprego e, cansados, deixam de ir".
Fonte: O Povo

terça-feira, 12 de março de 2019

Agência do Banco do Brasil de Ipueiras é reinaugurada

A agência do Banco do Brasil do município de Ipueiras, foi reinaugurada na manhã desta terça-feira (12). A agência estava desativada há um ano e sete meses. após ser explodida por criminosos.

Desde a ação criminosa, as solicitações para agilizar a reforma foram pautas da gestão do prefeito Nenem do Cazuza. O gestor relatou com muita indignação a ação criminosa dos bandidos quando sitiaram a cidade e atacaram a agência do BB. Em seu discurso, Nenem destacou a parceria do governo municipal com a instituição e parabenizou toda a equipe da agência de Ipueiras, destaque para a gerente, Elionara Pereira, pelo seu desempenho e comprometimento em reativar os trabalhos do banco no município. “Estamos felizes por trazer de volta o Banco do Brasil que vai favorecer os moradores, comerciantes”, reforçou.

Em clima de muito contentamento, os serviços de atendimentos à população e caixas eletrônicos foram retomados já nesta terça-feira (12). Na ocasião, foi realizado a assinatura do convênio da folha de funcionários da prefeitura municipal de Ipueiras.


Ao longo do período que a agência esteve desativada, a gerência local do BB disponibilizou atendimento em uma sala no prédio da prefeitura, onde os moradores puderam efetuar algumas transações bancárias com comodidade e praticidade.

A solenidade de reinauguração contou com a presença do superintendente de Varejo Ceará, Fábio Alexandre Pereira, superintendente Regional de Sobral, Celso Hidekikaku, gerente da agência, Elionara Pereira Costa, pároco de Ipueiras, padre Denilson Pereira, secretários municipais, vereadores, prefeito Nenem do Cazuza e da primeira Dama Ana Tereza.



Carlos Moreira