sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Mais o que é mesmo Coaching de Emagrecimento?

Pra começar vou te explicar o que é Coaching, é um conjunto de metodologias e técnicas, conduzidas por um profissional (o coach), para que seu cliente se torne apto a definir e realizar seus objetivos, sejam eles pessoais ou profissionais. Um processo sistemático, colaborativo, focado em soluções e orientado a resultados. Nos processos de coaching são utilizados os melhores conhecimentos de muitas áreas: diferentes terapias, programas, filosofias, ferramentas, estratégias e técnicas.

O coaching teve início nos Estados Unidos para melhorar o desempenho dos atletas e foi tão expressivo que as empresas logo adaptaram o treinamento ao desenvolvimento de competências dos executivos.

Os índices de aprovação dos processos de coaching ultrapassam oitenta e oito porcento em media, no mundo empresarial, que considera alto o retorno do investimento. Com a absoluta e comprovada melhora nos relacionamentos e no desempenho, o coaching ultrapassou o mundo corporativo e passou a ser estudado e aplicado para outras áreas.

Hoje há coaching de vida, coaching pessoal, financeiro, de noiva, de energia, integridade, figurino…  E até coaching de prazer e de férias.
Em todos os tipos de coaching, o foco é o desenvolvimento de competências que auxiliem o cliente a atingir objetivos e metas.

No coaching para emagrecimento, é possível estabelecer um vínculo sólido de confiança e apoio, trabalhar a motivação, a autoconfiança e buscar a solução dos problemas alimentares, dando ênfase aos pontos fortes e oportunidades, com foco no presente e no futuro. Durante as sessões, são identificadas possíveis causas emocionais para as dificuldades com a comida e o cliente é direcionado a resolver essas questões, desfazendo os programas mentais inconscientes que atrapalham o processo de perda de peso, da forma que lhe for mais conveniente.

Com a ajuda de um coach, conseguimos mudar o comportamento alimentar, desenvolvendo hábitos de vida mais saudáveis e duradouros, e com isso atingir e manter o objetivo de perda de peso. O objetivo do coaching é fazer com que você esteja apto a planejar mudanças reais e possíveis, mudar sua forma de comer e sua relação com a comida, através de sua participação ativa em todo o processo.

Você escolhe o que quer mudar, em que momento e de que forma. Você verá sua autoconfiança aumentar, terá sucesso na perda e manutenção de peso, e se tornará modelo de conduta para as pessoas que te cercam. Tudo isso, sem cardápios, dietas ou restrições!

Se quiser mais informações me chama pra uma conversa.

Contato:(88)9.9869-4515

Débora Carla, coach de emagrecimento 

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Leônidas Cristino será o vice líder do PDT na Câmara Federal

O trabalho sério que o deputado federal Leônidas Cristino faz em Brasília, focado sempre no interesse coletivo do povo brasileiro, especialmente do povo cearense, fez o líder do PDT na Câmara Federal, deputado André Figueiredo, convida-lo a assumir a vice-liderança do partido na Casa, recebendo apoio de toda a bancada, formada por 28 deputados, que passam a ser conduzidos pelos cearenses André e Leônidas.

Redação Primeira Coluna

PSL quer evitar que crise afete apoio no Congresso

A crise provocada por uma sucessão de brigas no governo de Jair Bolsonaro fez o PSL, partido do presidente, montar uma estratégia para impedir que o tiroteio contamine votações no Congresso, principalmente a reforma da Previdência. O plano, porém, mostrou que a sigla continua dividida e o governo, bastante fragilizado.
Enquanto a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmava que não pode haver um "puxadinho" da família do presidente com o Palácio do Planalto, o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), defendia a divulgação das divergências pelas redes sociais. "Aqui todo mundo fala as coisas na lata", argumentou ele, tentando mostrar que o PSL vai imprimir um "novo estilo" na política. "Não fazemos acordos às escondidas, como era antes."
Para Joice, porém, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, abalou o governo do próprio pai ao fazer acusações contra o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. "É uma coisa de louco. É inimaginável uma coisa dessas. Tem que ter separação. Casa do presidente é uma coisa, palácio é outra. O Palácio DO PLANALTOnão pode invadir a casa do presidente. Não pode ter puxadinho", criticou ela.
Na avaliação da deputada, os rumores de que irregularidades em candidaturas do PSL poderiam provocar a queda de Bebianno - ex-presidente do partido - não apenas expõem o ministro como todo o governo. "Quem pode fazer crítica pública é o próprio presidente da República", insistiu Joice.
Mais cedo, Carlos tinha chamado Bebianno de mentiroso. Em mensagem postada no Twitter, o vereador disse que o ministro com assento no Planalto não havia conversado três vezes com Bolsonaro sobre como candidaturas do PSL foram financiadas na campanha de 2018.
"O Bebianno andou a campanha inteira ao lado do Bolsonaro. Os dois sempre tiveram total confiança um no outro, pelo menos até aqui. Na presidência do PSL, o Bebianno fazia o estilo rainha da Inglaterra, que reina, mas não governa", disse Joice.
O presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), se recusou a comentar acusações envolvendo candidaturas do partido. O Estado apurou que Bebianno e ele protagonizam uma disputa de bastidores, mas, em público, não demonstram as desavenças. "Bebianno sempre foi correto na administração do PSL e não me consta que à frente do ministério tenha ocorrido qualquer problema", amenizou Bivar.
Depois de muitas conversas políticas, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, foi orientado a não esticar a polêmica. "Eu prefiro me resguardar no silêncio."
Na tribuna da Câmara, porém, o deputado Alexandre Frota (PSL-SP) lembrou casos de corrupção no PT para dizer que em seu partido o tratamento será diferente. "Seja quem for - ministro, secretário ou deputado -, laranja podre aqui vai pagar. Ao contrário do PT, nós não passamos a mão na cabeça de bandido." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Fonte: Jornal do Brasil 
Presídios do Ceará estão superlotados, com 10 mil presos além da capacidade

Os presídios cearenses estão mais superlotados em relação ao fim do ano passado. Em dezembro de 2018, as unidades estavam com 16.147 presos, 65% acima da capacidade.
Em janeiro deste ano, o excedente foi de 109,6%, com 10.671 presos a mais. As 9.736 vagas do sistema prisional estavam ocupadas por 20.407 internos.
O crescimento foi registrado após o fechamento, no início de 2019, de mais de 80 cadeias públicas no interior e a transferência de, aproximadamente, 3.600 detentos para os presídios.
O Centro de Triagem apresentou o maior excedente em dezembro, com 958 presos ocupando 376 vagas, 154% a mais que a capacidade. Em janeiro, a unidade estava com 1.241 internos, excedente de 230%. Já o presídio feminino Auri Moura Costa, que tem 374 vagas, estava com 1.073 mulheres, 186,9% a mais, no mês passado.
Segundo o presidente do Conselho Penitenciário do Ceará, Cláudio Justa, os números a mais de presos representam descumprimento das leis de execução penal e riscos na segurança das unidades. Hoje, com a presença de agentes penitenciários federais nos presídios, a situação é considerada dentro do controle. A preocupação é quando este reforço não estiver mais por aqui.
Ao contrário dos presídios, o problema de superlotação nas delegacias de Fortaleza está sendo resolvido, principalmente após a medida de retirada dos xadrezes das unidades. Hoje, apenas quatro delegacias ainda mantém as celas e reúnem apenas 14 detentos.
Por enquanto, a desativação de xadrez é concentrada nas delegacias não plantonistas. Os polos que funcionam 24 horas ainda estão com 129 presos. O prazo para a desativação dos xadrezes terminou no primeiro semestre de 2018.
Fonte: Tribuna do Ceará 
Tasso, Girão e Cid serão membros titulares em seis comissões no Senado

Ex-governador do Ceará, o senador Cid Gomes (PDT) vai ter assento titular em três comissões do Senado: Educação, Constituição e Justiça (CCJ) e Transparência, Fiscalização e Controle. O pedetista é suplente em outras duas comissões – Assuntos Econômicos e Assuntos Sociais.
A distribuição dos senadores por comissões na Casa foi definida na tarde desta quarta-feira em encontro com o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM), eleito com o apoio dos parlamentares cearenses.
O tucano Tasso Jereissati também é membro titular da CCJ. Além dela, o senador estará na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), que ele presidiu no último ano.
O parlamentar deve desempenhar ainda a função de assessor para a Reforma da Previdência, entre cujas atribuições está a de acompanhar a tramitação do projeto de lei na Câmara e Senado.
Mas é o estreante Eduardo Girão, do Podemos, que participa do maior número de comissões: Educação, Direitos Humanos, Senado do Futuro e Transparência, Fiscalização e Controle. O parlamentar acumula ainda uma suplência em Assuntos Sociais.
Ao todo, os senadores cearenses estão presentes em seis comissões como membros titulares, nenhum deles como presidente.
Fonte: O Povo

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Cafeteria de Fortaleza oferece de graça café em casca de sorvete no formato de xícara

Um jeito diferente de tomar café. Essa é a proposta de uma cafeteria de Fortaleza, que passa a oferecer aos clientes o café em uma casquinha de sorvete. O Imprensa Café, no bairro Dionísio Torres, é o responsável por essa novidade.
Os visitantes da loja terão a oportunidade de tomar o tradicional café expresso ou um capuccino dentro de uma casca de sorvete no formato de xícara, com bordas de nutella.
A ideia é por tempo limitado. Desta terça-feira (12) até domingo (17), a partir das 16h, o cliente ganha o café gratuitamente dentro de uma casca de soverte.
A novidade só poderá ser consumida uma vez por pessoa. A cafeteria fica localizada no Espaço Gastronômico Imprensa Food Square. Mas, além do café servido de forma diferente, o cardápio atende a todos os públicos. A casa oferece também tapioca, cuscuz e affogato de filé.
Serviço
Data: de 12 a 17 de fevereiro
Local: Imprensa Café – Av Desembargador Moreira, 2355
Horário: a partir das 16h
* Só poderá ser consumida uma casquinha por pessoa.

Fonte: Tribuna do Ceará
Ceará é primeiro do País no ranking de exportação de pescados

O Ceará foi o Estado que mais exportou pescados no País em janeiro. Ao todo, foram US$ 4,8 milhões. Em segundo lugar aparece o Pará, com US$ 4,3 milhões, seguido de Santa Catarina (US$ 1,77 milhões).
No total, as negociações internacionais tiveram um crescimento de 199,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Os números constam no relatório Ceará em Comex (Comércio Exterior) da Federação das Indústrias do Estado (Fiec).
Fortaleza foi o município com maior destaque no Ceará. A cidade despachou US$ 1,85 milhão, cerca de 242 toneladas de pescados. Aracati aparece em segundo, com US$ 686 mil, totalizando 31,52 toneladas. São Gonçalo do Amarante, por sua vez, apresentou US$ 583 mil em exportações (249 toneladas). Na sequência aparecem Camocim (US$ 411 mil), Icapuí (US$ 344 mil) e Acaraú (US$ 296 mil).
Fonte: Focus
Safra de grãos em janeiro deve ter alta de 1,9% segundo IBGE

A produção de grãos em janeiro deve ter um aumento de 1,9%. A alta tem como comparativo a produção de janeiro de 2018. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (12) pelo IBGE, no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola.
Segundo a publicação, a produção analisada, que soma cereais, leguminosas e oleaginosas em janeiro ficará em 203,7 milhões de toneladas, mais de quatro milhões de toneladas acima do ano passado. 
Apesar do resultado positivo, o volume fica abaixo da expectativa divulgada no início do ano, sendo 1,2% menor do que a primeira estimativa. A área a ser colhida é de 62,1 milhões de hectares, um aumento de 2% com relação a área plantada em 2018.
Somados, arroz, milho e soja representam 93,3% da estimativa dessa produção e correspondem por 87,4% da área a ser colhido. Destaque para o milho, que teve um aumento de 3,6% em sua área, em comparação com 2018. 
Entre os estados, o Mato Grosso segue como o maior produtor de grãos do país, responsável por 26%, seguido do Paraná com 16% da produção. 
Fonte: Agência do Rádio 

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Adeus Boechat

Não se vive mais, só se enterra. Por que tantas mortes? Já não havia como suportar a população dizimada de Brumadinho, os dez adolescentes sacrificados no ninho do Urubu, as sete vítimas do dilúvio do Rio, e, agora, mais essa lâmina cortando a nossa voz de novo: morre Ricardo Boechat, 66 anos, um dos melhores jornalistas brasileiros, três prêmios Esso, âncora da rádio BandNews FM, e do Jornal da Band, na TV Bandeirantes.

Ele estava no helicóptero que caiu sobre um caminhão na ligação do Rodoanel com a rodovia Anhanguera, em São Paulo, nesta segunda-feira (11).

Que provação é essa? Que privação é essa? Assistimos a um interminável enterro, um insuportável transporte de caixões com a bandeira brasileira. Caronte não para de carregar almas daqui. Brasil é Hades.

Como serão as nossas manhãs sem a eloquência de Boechat? Ele falava bonito cada notícia, como se estivesse recitando Fernando Pessoa, nunca perdendo a linha de raciocínio, sem cacoete verbal: límpido pensamento sonoro.

Tinha uma máquina de escrever entre os dentes. Soprava páginas e derrubava mitos e preconceitos.

Irônico, argumentativo, combativo, um dos últimos adeptos da retórica do jornalismo. Defendia exaustivamente as suas ideias e apenas se acalmava ao descascar as aparências do poder e descartar todos os pontos de vista. Ganhava a discussão pelo fôlego e pelas metáforas.

Qualquer um conhece Boechat, da tevê ou do rádio ou do jornal (trabalhou nos jornais O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e JB e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo): um aristocrata de cabeça lisa, com o olhar confiante e sedutor. Impossível virar os olhos com ele em ação: hipnótico, convincente, impositivo.

Gostava de uma boa briga. Envolvia-se em uma polêmica semana sim e outra também.

Era um duelista à moda antiga, com um lenço dobrado no terno e ferro na lábia, daqueles que ainda se dispunham a lutar para manter a honra e a palavra, custe o que custasse, em confrontos intensamente emocionais contra os desmandos do país.

Até os desafetos respeitavam a sua opinião. Até os adversários não deixavam de ouvir, ver, ler Boechat. Até a morte deve ter pedido desculpa.

O Grupo Bandeirantes de Comunicação presta uma homenagem ao jornalista Ricardo Boechat. No vídeo, alguns momentos marcantes da trajetória do jornalista e a admiração dos colegas de redação:



Jornal da BandNews FM - 12/02/2019 :



Fabrício Carpinejar  é jornalista 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Ciro afirma que Lula deve ser tratado como “adversário”

O ex-governador do Ceará e ex-candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, voltou a criticar o PT e o papel desempenhado pelo ex-presidente Lula na atual conjuntura. “O Lula continua conspirando de dentro da cadeia, na politicagem mais rasteira. Nós temos que tratá-lo como ele é: como um adversário.”
“O que é que eu devo para eles? O Haddad teve 71% dos votos no Ceará. Em São Paulo, o estado dele, teve 32%. Não sou obrigado a votar nessa gente de novo. Nunca mais.”
Fonte: Focus